Crédito: iStock

O mais novo produto da Microsoft, o sistema operacional Windows 11, acaba de receber uma atualização que pode alterar a forma como os widgets são apresentados para o usuário. 

Hoje, o recurso fica a maior parte do tempo escondido, mas é ampliado quando o usuário toca ou passa o cursor do mouse sobre o botão para ver mais informações sobre o clima, notícias ou indicadores econômicos, na parte da tela sobre a barra de tarefas.

A partir de agora, esses recursos serão aprimorados.

Um pouco mais sobre o Windows 11

O sistema operacional foi lançado pela Microsoft em outubro de 2021, e é o sucessor do já estabelecido Windows 10, lançado ao público seis anos antes. O visual é voltado para um design mais limpo, com um toque de minimalismo, mas a grande mudança visual que chamou a atenção dos usuários foi a centralização do Menu Iniciar, novos modelos de ícones e o uso de janelas levemente translúcidas.

Outro ponto relevante é o desempenho, aprimorado em relação a sua versão anterior, que conta agora com um novo sistema de gerenciamento de janelas, especialmente pensado para multitask – uma característica muito procurada por usuários do sistema que tiveram que adotar o home office durante a pandemia.

Uso de widgets

Muitas das funções que antes ficavam dentro do Menu Iniciar foram realocadas para o recurso de widgets. Essa função faz parte da barra de tarefas; ela permite que o usuário configure um feed de conteúdo rápido e dinâmico, e ainda possibilita adicionar tipos de informações que o usuário julgue serem mais relevantes para o seu dia a dia, como clima, notícias, esportes, etc.

A nova atualização permite, portanto, que esse menu de widgets seja ampliado e fique em tela cheia. A partir do Windows 11, esse espaço será customizável e com mais espaço para alocar mais recursos. Além disso, essa mudança permite que o menu de widgets seja ampliado por cima de outros aplicativos e programas em funcionamento, sem precisar fechá-los ou perder poder de processamento – um dos diferenciais desse novo sistema operacional, que roda programas pesados de forma mais eficiente.

Um único sistema para uso pessoal e profissional

Contudo, o maior diferencial é que a atualização promete dar suporte para duas contas simultâneas – uma pessoal e outra de trabalho. Pelo sistema atual, o recurso já exibe conteúdos distintos, conforme a conta logada, de modo automatizado. Com essa novidade, será possível carregar widgets das duas contas, sem precisar fazer alternância entre logins.

Isso é particularmente vantajoso para quem divide o mesmo computador para lazer e trabalho ou curso de faculdade. As contas pessoais têm widgets de previsão do tempo, atalho para as fotos do OneDrive, resultados de jogos e notícias em geral. Já nas contas voltadas para trabalho ou curso de faculdade o recurso pode mostrar arquivos recentes, lista de tarefas, ferramentas de rotina, atalho para o Microsoft Teams, entre outras funções. Vale ressaltar que essa nova atualização ainda não tem data de lançamento definida, e também não está claro ainda se o posicionamento do que será exibido nesse novo formato é totalmente configurável pelo usuário.