Novembro azul alerta sobre o câncer de próstata

0

Campanha mundial incentiva homens a procurarem serviços de saúde

No mês do combate ao câncer de próstata e do incentivo ao cuidado com a saúde do homem, José da Rocha Dutra, de 68 anos, é exemplo. A prevenção já se tornou rotina na vida do aposentado, que perdeu o pai por conta da doença. No Centro de Atenção à Saúde do Homem, do Serviço de Urologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), José busca informações sobre exames e tratamentos contra o tumor mais frequente entre os homens e que, se descoberto em seu estágio inicial, tem chance de cura é de 90%. Nesta edição especial, o Diário Oficial de Notícias adere à cor da campanha mundial Novembro Azul.

  • Meu pai morava na roça e não se preocupava com médicos de nenhuma especialidade. Ficou doente e quando descobriu o câncer, já não tinha mais jeito. Aprendi da maneira mais difícil a importância da prevenção e hoje não deixo de ir ao médico regularmente – contou o aposentado.

Além da herança genética, José recebe incentivo da esposa para se prevenir contra a doença.

  • Meu sogro e meu pai morreram de câncer de próstata, por isso o estimulo a realizar sempre os exames – disse Lucimar Dutra.

Exame simples e rápido

Em parceria com a Secretaria de Saúde, o centro de tratamento da Uerj funciona na Policlínica Piquet Carneiro, no Maracanã, e atende 40 pacientes por dia. No local, homens com suspeita ou diagnóstico da doença recebem tratamento adequado ao seu quadro clínico: vigilância ativa, radioterapia, cirurgia ou bloqueio hormonal.

  • Quanto antes for diagnosticado e dado início ao tratamento, maiores são as chances de cura da doença, que podem chegar a até 90% – explicou o secretário de Saúde, Felipe Peixoto.

A prevenção deve ser iniciada entre 45 e 50 anos por meio dos exames anuais de dosagem do PSA (Antígeno Prostático Específico) e do toque retal. Apenas esses exames bastam para monitorar o surgimento do câncer de próstata, que é assintomático.

  • A prevenção é pelo diagnóstico precoce. Para os homens, o exame é até mais simples do que o preventivo ginecológico. É uma questão cultural. No homem, o exame é simples e muito rápido: dura cerca de 10, 15 segundos – disse Carlos Ribeiro, membro da Sociedade Brasileira de Urologia.

Rede estadual oferece exames para detectar o câncer

A rede estadual de saúde disponibiliza, através do Rio Imagem, exames de ultrassonografia e biopsias de próstata. Para fazer os exames, os pacientes precisam buscar uma unidade básica de saúde de seu município, que fará diretamente o agendamento. De janeiro a outubro de 2015, foram realizadas 2.948 ultrassonografias e 776 biopsias no Centro de Diagnóstico por Imagem.

Esses números, no entanto, refletem uma redução de aproximadamente 30% nos exames, se comparado ao ano anterior. No mesmo período de 2014, a unidade contabilizou 4.178 ultrassonografias e 1.079 biopsias realizadas.

A cada seis homens, um é portador da doença. A estimativa do Inca é de que, por ano, 69 mil novos casos sejam diagnosticados, um a cada 7,6 minutos.
Sobre o Câncer de Próstata

O que é a próstata?
A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas, de forma e tamanho semelhantes a uma castanha. Ela localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.

A doença
A doença pode demorar a se manifestar, exigindo exames preventivos constantes para não ser descoberta em estágio avançado e potencialmente fatal. Os exames consistem na dosagem sérica do PSA (Antígeno Prostático Específico) e no exame de toque retal, que são complementares, pois cerca de 20% dos casos não são detectados pelo PSA.

Prevenção
A recomendação é que homens a partir de 50 anos procurem um urologista para realizar os exames preventivos anualmente. Indivíduos com história familiar de câncer de próstata, da raça negra, sedentários e obesos devem iniciar a prevenção a partir dos 45 anos, pois possuem maior risco de desenvolver a doença.

Sintomas
Desconforto Urinário, aumento da frequência urinária durante a noite, jato urinário mais fraco que o comum e sangramento urinário, quando em fase já avançada da doença.

 

Com as informações Governo do Estado do Rio de Janeiro

 

Leia Também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.