Meio Ambiente

Plano de Adaptação à Mudança do Clima é apresentado na Secretaria do Meio Ambiente

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hidricos recebeu na quinta-feira (12) a visita de técnicos do Ministério do Meio Ambiente e do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas. Em encontro realizado na sede da secretaria, eles apresentaram a técnicos da área, representantes de ONGs, empresas privadas, órgãos públicos, estudantes e professores, o Plano Nacional de Adaptação à Mudança do Clima – PNA.

O PNA tem o objetivo de promover a gestão e a diminuição do risco climático no país de acordo com as mudanças do clima. O documento está em fase final de elaboração e o objetivo, nesta fase é ouvir opiniões e sugestões dos paranaenses para o Plano, através de uma consulta pública online.

Técnicos do Ministério do Meio Ambiente e do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas apresentaram na tarde desta quinta-feira (12), na Secretaria Estadual do Meio Ambiente, em Curitiba, a elaboração do Plano Nacional de Adaptação à Mudança do Clima – PNA. Na foto, o coordenador do Plano Nacional de Adaptação às Mudanças Climáticas do Ministério do Meio Ambiente, Pedro Christ. Curitiba, 13/11/2015. Foto: Divulgação
Técnicos do Ministério do Meio Ambiente e do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas apresentaram na tarde desta quinta-feira (12), na Secretaria Estadual do Meio Ambiente, em Curitiba, a elaboração do Plano Nacional de Adaptação à Mudança do Clima – PNA. Na foto, o coordenador do Plano Nacional de Adaptação às Mudanças Climáticas do Ministério do Meio Ambiente, Pedro Christ.
Curitiba, 13/11/2015.
Foto: Divulgação

Os volumes I e II do PNA já estão disponíveis na internet

http://hotsite.mma.gov.br/consultapublicapna/conheca-o-plano/.

O formulário para envio eletrônico de contribuições está disponível até o dia 22 de novembro de 2015, no link:

http://hotsite.mma.gov.br/consultapublicapna/envie-sua-contribuicao/

ONZE TEMAS – O PNA está estruturado em estratégias de adaptação, que discutem as principais vulnerabilidades de acordo com as mudanças do clima e apontam medidas adaptativas baseadas em 11 temas: biodiversidade, ecossistemas, indústria e mineração, gestão de risco de desastres, cidades, saúde, povos e populações vulneráveis, infraestrutura, recursos hídricos, zonas costeiras, segurança alimentar e nutricional.

“Partimos do princípio que os impactos da mudança do clima afetam o cotidiano das cidades e de suas populações, ameaçam os espaços construídos e os ativos e setores econômicos”, explicou o coordenador do Plano Nacional de Adaptação às Mudanças Climáticas do Ministério do Meio Ambiente, Pedro Christ.

TODOS OS MUNICÍPIOS – No Paraná, único Estado do Brasil em que todos os municípios contam com planos de ação para enfrentar desastres naturais, medidas como a aquisição de radares climáticos permitem agir na prevenção e servem para que os municípios aprimorem o atendimento ao cidadão afetado por vendavais, chuvas intensas e enxurradas.

“São cerca de R$ 30 milhões em investimentos previstos pelo Governo do Estado para o plano de contenção de desastres naturais. O esforço é conjunto e precisamos avançar mais”, disse o secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Ricardo Soavinski. “Por isso a importância da apresentação e a participação dos paranaenses na consulta pública do PNA. O desafio é grande mas vamos em frente”, disse ele.

De acordo com o INDC (Contribuições Nacionalmente Determinadas Pretendidas), documento que será apresentado pelo Brasil na 21ª Conferência do Clima, em dezembro, em Paris, a meta é reduzir em 37% as emissões de gases do efeito estufa até 2025, chegando a 43% de redução em 2030.

A INDC é um documento que contém o que cada país pretende fazer para reduzir e remover as emissões de Gases do Efeito Estufa. A INDC brasileira foi anunciada no fim do mês de setembro, pela presidente Dilma Rousseff, na ONU, em Nova Iorque, durante a Climate Week, que reuniu lideranças políticas, empresariais e civis do mundo todo.

“A questão é entender o que estamos fazendo, efetivamente, para mudar os hábitos e contribuir para as mudanças climáticas. O PNA contém as diretrizes e ações para que a sociedade possa se preparar para conviver com as transformações do clima, que já estão acontecendo no dia a dia”, disse o coordenador de Mudanças Climáticas da Sema, José Rubel.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:

www.pr.gov.br e www.facebook.com/governopr

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close