Meio Ambiente

Gripe: Lavar as mãos reduz a contaminação do vírus?

Entender o modo pelo qual a gripe é transmitida é importante para a implementação de estratégias de controlo eficazes. A importância da transmissão indireta, em comparação com direto e transmissão por aerossol, permanece incerto.

Enquanto os estudos têm demonstrado que os vírus influenza podem sobreviver no ambiente, 1, 2 humano transmissão de fomites nunca foi documentada. Evidências recentes sugerem que a humidade absoluta (AH) é mais relevante para a transmissão da gripe de humidade relativa. 4, 5 Num estudo anterior realizado em domicílios tailandeses urbanos com uma criança com gripe confirmada laboratorialmente durante a pandemia de 2009, verificou-se que a contaminação da superfície do vírus da gripe foi significativamente associada com menor idade do caso índice e sazonal (contra pandemia) cepas de influenza.

Nós alargado de dados recolha de 2010, principalmente para aumentar o tamanho da amostra para avaliar o efeito da lavagem das mãos e da humidade absoluta da presença de contaminação do vírus da gripe em superfícies.

Embora cerca de 25% crianças infectadas com um vírus da gripe no estudo de 2010 teve um cotonete positivo, compressa superfície de objetos de uso doméstico positividade era baixa (<10%) e deixou cair ao longo de uma semana.

Gripe
Gripe

As descobertas independentes de aumento da contaminação da superfície no controle e baixa umidade famílias sugerem que a lavagem das mãos e alta umidade reduzir a presença de vírus em superfícies e talvez por isso relevantes para fomite transmissão. Que estes efeitos sobre a contaminação da superfície existiu principalmente em domicílios com infecções secundárias é relevante uma vez que estas famílias são susceptíveis de ter mais vírus na atmosfera para os efeitos de ser aparente.

Transformar a lavagem das mãos em um hábito frequente pode salvar mais vidas do que qualquer vacina ou intervenção médica, reduzindo as mortes por diarréia em 50% e as mortes por infecções respiratórias agudas em 25%. Dessa maneira seguem abaixo algumas informações e explicações sobre quando e como se deve proceder a higienização das mãos:

QUANDO LAVAR AS MÃOS?

A lavagem das mãos deve ser executada principalmente nas seguintes ocasiões:

Antes de manipular ou consumir alimentos

Antes e depois de se entrar em contato com pessoas doentes ou acamadas

Depois de ir ao banheiro

Depois de espirrar, tossir ou assoar o nariz

Após manipular objetos potencialmente sujos ou contaminados

Após entrar em contato com animais

Sempre que as mãos estiverem visivelmente sujas

É importante ressaltar a maior importância da higienização das mãos pelo profissional de saúde, uma vez que este pode funcionar como carreador de micro-organismos de um paciente para outro. Vale ainda reforçar que o uso de luvas não substitui a correta lavagem das mãos.

http://www.nlm.nih.gov

Feijão B, Moore BM, Sterner B, Peterson LR, Gerding DN, Balfour HH, Jr A sobrevivência do vírus da gripe em superfícies ambientais.. J Infect Dis. 1982; 146:. 47-51 [PubMed]

http://www.anvisa.gov.br/hotsite/higienizesuasmaos/produtos/cartaz%20sabonete.pdf

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close