Meio Ambiente

Concurso dos Bombeiros oferece 560 vagas com salários de até R$ 5,7 mil

Foram abertas nesta segunda-feira (4) as inscrições para o preenchimento de 560 vagas para oficiais e soldados do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Os editais dos concursos públicos para o Curso de Formação de Oficiais (CFO) e o Curso de Formação de Soldados (CFSd) estão disponíveis no site da corporação.  Os interessados deverão se inscrever no site da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep).

Conforme o Estado, são oferecidas para o CFO 30 vagas, sendo 27 para o sexo masculino. O salário inicial de Cadete do 1º ano do curso é de R$ 5.769,42. Para o CFSD serão oferecidas 500 vagas para o quadro de soldados combatentes, sendo 450 para o sexo masculino e 50 para o sexo feminino.

Já para o quadro de soldados especialistas serão oferecidas 30 vagas para as seguintes especialidades: mecânico de motor a diesel (11 vagas), mecânico de motor a gasolina/álcool (2 vagas), eletricista de autos (2 vagas), técnico em informática/rede de computadores (8 vagas), técnico em eletrônica (2 vagas), técnico em eletrotécnica (2 vagas) e técnico em telecomunicações (3 vagas)

O vencimento inicial para soldado de 2ª classe é de R$ 3.506,40. Para o cargo de soldado de 1ª Classe BM, a remuneração básica atual é de R$ 4.098,42.

CFO

O curso de formação tem duração de três anos, com previsão de início em 6 de fevereiro de 2017 e o valor da inscrição é de R$ 177,49. As inscrições vão ser encerradas em 4 de fevereiro de 2016. Clique aqui e consulte o edital

CFSd

O Curso de Formação de Soldados tem duração de oito meses. O valor da inscrição é de R$ 81,96 e o curso terá início em 29 de março de 2017. As inscrições serão encerradas em 26 de fevereiro de 2016. Clique aqui e consulte o edital

Os candidatos devem atender aos seguintes pré-requisitos:

• Ser brasileiro nato, para o cargo de oficial, ou nato ou naturalizado para o cargo de soldado;
• Possuir idoneidade moral;
• Estar quite com as obrigações eleitorais e militares;
• Ter no mínimo 18 anos e no máximo 30 anos de idade na data de inclusão (início do curso);
• Altura mínima de 1,60m;
• Ter aptidão física;
• Ser considerado indicado em avaliação psicológica;
• Ter sanidade física e mental;
• Não ser contraindicado em exame toxicológico;
• Não apresentar, quando em uso dos diversos uniformes, tatuagem visível que seja, por seu significado, incompatível com o exercício das atividades de bombeiro militar.

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.