Meio Ambiente

Solo: A Importância do substrato utilizado pelas plantas

Solo é um elemento que contribui para ampliar processos que levam à sua alteração e degradação

Solo é um componente fundamental do ecossistema terrestre pois, além de ser o principal substrato utilizado pelas plantas para o seu crescimento e disseminação, fornecendo água, ar e nutrientes, exerce, também, multiplicidade de funções como regulação da distribuição, escoamento e infiltração da água da chuva e de irrigação, armazenamento e ciclagem de nutrientes para as plantas e outros elementos, ação filtrante e protetora da qualidade da água e do ar.

Como recurso natural dinâmico, o solo é passível de ser degradado em função do uso inadequado pelo homem, condição em que o desempenho de suas funções básicas fica severamente prejudicado, o que acarreta interferências negativas no equilíbrio ambiental, diminuindo drasticamente a qualidade vida nos ecossistemas, principalmente naqueles que sofrem mais diretamente a interferência humana como os sistemas agrícolas e urbanos.

Solo
Solo

O estudo científico do solo, a aquisição e disseminação de informações do papel que o mesmo exerce na natureza e sua importância na vida do homem, são condições primordiais para sua proteção e conservação, e uma garantia da manutenção de meio ambiente sadio e auto-sustentável.

No entanto, o espaço dedicado a este componente do sistema natural é freqüentemente nulo ou relegado a um plano menor nos conteúdos de ensino fundamental e médio, tanto na área urbana como rural.

A população em geral desconhece a importância do solo, o que contribui para ampliar processos que levam à sua alteração e degradação.

Vários estudos mostram que há uma grande lacuna no ensino de solos nos níveis fundamental e médio. O conteúdo “solo” existente nos materiais didáticos, normalmente está em desacordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) e, freqüentemente, encontra-se desatualizado, incorreto ou fora da realidade brasileira.

Este conteúdo é ministrado de forma estanque, apenas levantando aspectos morfológicos do solo, sem relacionar com a utilidade prática ou cotidiana desta informação, causando desinteresse tanto ao aluno quanto ao professor.

Objetivos do Projeto Solo na Escola

a) Desenvolver material didático sobre solos para o ensino fundamental e médio;

b) Capacitar professores do ensino fundamental e médio a compreender e ensinar o tema solos;

c) Criar mecanismos que permitam e incentivem a visitação de escolares e professores à universidade para ampliar o conhecimento de solos. Equipe do Projeto Prof. Dr. Valmiqui Costa Lima, Prof. Dr. Vander de Freitas Melo, Prof. Dr. Luiz Cláudio de Paula Souza, Prof. M.Sc. Angelo Evaristo Sirtoli, Prof. M.Sc. Marcelo Ricardo de Lima. Alunos monitores, bolsistas e estagiários do Setor de Ciências Agrárias, UFPR.

Atividades do Projeto

a) Organização de um Museu Didático de Solos;

b) Realização de cursos de extensão universitária;

c) Produção de material didático para ensino fundamental e médio;

d) Disponibilização de informações sobre solos através da Internet.

Solicitação de Informações sobre este Projeto deve ser encaminhada para:

Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Agrárias Departamento de Solos e Eng. Agrícola – Projeto Solo na Escola

Rua dos Funcionários, 1540 – Bairro Juvevê CEP 80035-050 – Curitiba – PR

Telefone: (41) 350 5649

E-mail: escola@agrarias.ufpr.br

Outros informações complementares acesse Aqui

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close