Meio Ambiente

Projeto “Viva as diferenças” sensibiliza sobre a inclusão das pessoas com deficiência

Para sensibilizar a sociedade sobre a inclusão pessoal, social e profissional das pessoas com deficiência, a Fundação Aury Luiz Bodanese, com apoio do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), realizará no mês de agosto o projeto “Viva as diferenças”, que marcará a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência. Para apresentar o projeto aos parceiros ocorreu encontro, nessa semana, no auditório da Aurora Matriz, em Chapecó.

A intenção, segundo a presidente da Fundação Isabel Cristina Machado, é promover um evento voltado à inclusão, com a participação de pessoas com deficiência, empresas e entidades. “Faremos um grande evento, por isso mobilizamos a sociedade civil e os órgãos públicos para participar do projeto. Com as parcerias demonstraremos os avanços da tecnologia assistiva, teremos exposição de trabalhos e mostra de talentos”, explica.

Os parceiros do projeto poderão socializar informações sobre a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. “Todos os apoiadores poderão transmitir informações ou apresentar serviços para auxiliá-las, por isso serão socializados cases das empresas sobre empregabilidade, informações legislativas e medidas para tornar a construção civil adaptada”, anteciparam a diretora social da Fundação Sonara Ramos e a auxiliar de comunicação Gisely Niedermayer.

O evento acontecerá no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, no mês de agosto. A proposta prevê a disponibilização de estandes aos parceiros, realização de minipalestras ao público-alvo, palestra magna, mostra de talentos, galeria de artes, desfile de moda inclusiva, apresentações artísticas e feira com exposição de produtos voltados à acessibilidade.

“Estamos entusiasmados, pois o projeto é inovador e grandioso, no qual os apoiadores podem contribuir para fazer a diferença e construir um mundo melhor”, observa Isabel.

PROGRAMA ATITUDE AGORA

O projeto “Viva as diferenças” integra o programa da “Atitude Agora” Fundação, que visa sensibilizar a sociedade para uma mudanças de comportamento para com as pessoas com deficiência, reduzindo o preconceito e proporcionando o exercício da cidadania para todas as pessoas.

O programa “Atitude Agora” realiza palestras, visitas às instituições, seminários e cursos de qualificação para pessoas com deficiência. Em 2015, foram sensibilizadas 4.676 pessoas em 63 ações.

A Fundação tem como missão valorizar o ser humano e contribuir para o exercício da cidadania. De acordo com o vice-presidente da Cooperativa Central Aurora Alimentos e presidente do Conselho Curador da Fundação, Neivor Canton, “a Aurora não se torna grande somente pela qualidade dos seus produtos, mas também pelas pessoas que compõem a empresa e realizam o trabalho da Fundação Aury Luiz Bodanese”.

Vagner Liberato

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.