Meio Ambiente

PRAIA DO PERÓ NA LUTA PELA BANDEIRA AZUL

A praia do Peró, em Cabo Frio, será uma das dezenas de praias brasileiras que estarão representadas, segunda e terça-fera, na Associação Comercial do Rio de Janeiro, durante o Nono Workshop Anual do Programa Bandeira Azul. A praia, de águas cristalinas, é uma das candidatas ao selo internacional de qualidade. No Rio, já possui o certificado a Prainha (capital). A próxima será Itacoatiara, em Niterói. E são candidatas as praias do Sossego (Niterói) e Peró (Cabo Frio).

O encontro será dividido em duas etapas. Na segunda-feira, das 9 às 17h, haverá um seminário aberto a todos os interessados em conhecer o programa Bandeira Azul. Na terça-feira, a programação é voltada para os representantes de praias e marinas candidatas ao certificado.

— Durante o evento, vamos discutir a sustentabilidade na gestão do turismo de sol e praia e turismo náutico. O workshop é obrigatório para todos os candidatos e vai reunir representantes de vários estados brasileiros — disse a coordenadora nacional do Programa Bandeira Azul, Leana Bernadi.

O Programa Bandeira Azul começou na França em 1985 e vem crescendo em toda a Europa desde 1987 e em países não europeus desde 2001. No Brasil o Programa Bandeira Azul é representado pelo Instituto Ambientes em Rede (IAR), membro da FEE desde 2005.`

— A bandeira hasteada representa não só um símbolo do programa, como também sinaliza a conformidade da praia com os critérios estabelecidos pelo selo — explica Leana Bernadi.

Ainda segundo a coordenadora, o programa promove o uso sustentável das áreas costeiras (marinhas e de água doce) através de ações de educação e informação ambiental, qualidade de água e balneabilidade, segurança dos usuários e gestão ambiental — concluiu.

A exigência fundamental do programa é a qualidade da água das praias, além de estrutura básica para atender aos banhistas, bons acessos e interação com a comunidade local.

PRAIA DO PERÓ

Com sete quilômetros de extensão, a Praia do Peró, que envolve a Praia das Conchas e o Pontal do Peró, se candidatou ao certificado após contato do Movimento Amigos do Peró com Leana Bernadi. O grupo levou a reivindicação ao secretário do Meio Ambiente, Jailton Nogueira Júnior, que providenciou a candidatura. A superintendência de Turismo também se envolveu na luta pela certificação.

— Nós temos o principal, que é a qualidade da água, e serviços básicos exigidos pelo programa. Nós estamos com grande esperança em conseguir a certificação. A coordenadora do programa já esteve no Peró, viu as fotos aereas e afirmou que temos todas as condições de conquistarmos o selo — disse a ambientalista Marta Rocha.
Foto: Leana Bernadi com as fotos aéreas do Peró.

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close