Meio Ambiente

Marte já foi devastada por tsunamis gigantes de 50 metros

Tsunamis maiores do que o que causou o Oceano Índico desastre 2004 poderia ter bateu nas costas de Marte cerca de 3,4 bilhões de anos atrás, após dois impactos de asteroides.

Apesar de Marte é, principalmente, um mundo seco e empoeirado, hoje, cada vez mais evidências sugere uma vez sediou um grande oceano.

Esta imagem aquosa não é totalmente clara, apesar de tudo. Um problema é a falta de uma aparente linha costeira em Marte – limites propostos entre a terra eo mar parecem diferir muito em altura ao longo do seu comprimento , o que não faria sentido para um oceano persistente.

Agora Alberto Fairén do Centro de Astrobiologia em Madrid, Espanha, e seus colegas pensam que têm uma parte da resposta – as linhas costeiras foram remodeladas por tsunamis, que deixaram gelo e rocha espalhados por uma vasta área. “Tsunamis foram um dos processos que modificam as linhas costeiras”, diz Fairén. “Nosso trabalho fornece a primeira identificação definitiva das ondas do tsunami antigas em Marte.”

A equipe usou imagens térmicas da sonda Mars Odyssey da NASA para estudar o limite entre a baixa altitude Chryse Planitia e as terras altas regiões Saudita Terra de Marte. Eles identificaram os fluxos de gelo e pedras correndo para cima e estendendo-se por centenas de quilômetros em todo o planalto. Estes não poderia ter sido criado por processos orientados por gravidade.

Em vez disso, dois tsunamis separadas poderia ter causado os fluxos. O tsunami mais velho ampliou ainda mais, deixando backchannels como água devolvida ao mar e levada pedregulhos tamanho de um metro de junto com ele. O mais novo, que ocorreu numa altura em que o clima de Marte era mais frio, estendeu menos longe e deixou para trás depósitos de gelo.

oceano abandonada

As simulações indicam um asteroide grande o suficiente para criar uma cratera de 30 quilômetros poderia ter feito isso. E a onda resultante teria sido de cerca de 50 metros de altura, uma vez que atingiu a costa. As ondas que atingiram a ilha indonésia de Sumatra após o terremoto de 2004 foram de cerca de 30 metros de altura, matando cerca de 185.000 pessoas em toda a região do Oceano Índico, em um dos piores desastres naturais cada vez.

“É notável que quando olhamos mais de perto a geologia de Marte, vemos cada vez mais evidências de que ele tinha um oceano”, diz Taylor Perron do Instituto de Tecnologia de Massachusetts. Mas ainda não é certa a evidência para tsunamis é real, como os fluxos deixados para trás são muito maiores do que quaisquer características equivalentes encontrados na Terra.

“Esta é uma interpretação difícil, porque ninguém sabe o que as margens de um oceano olhar como depois de ter sido abandonada por bilhões de anos”, diz Perron.”Agora cabe ao restante da comunidade Mars colocar isso à prova.”

Jornal de referência: relatórios científicos , DOI: 10.1038 / srep25106

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.