Meio Ambiente

Instituto Brasileiro de Governança Corporativa suspende Petrobras por 12 meses

O Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) suspendeu a Petrobras do seu quadro de associados por 12 meses devido a dúvidas sobre os mecanismos de controle interno da companhia após as denúncias de corrupção da Operação Lava Jato, informou nesta segunda-feira a estatal, citando correspondência recebida do instituto.

Logo da Petrobras refletido em uma janela em um prédio da companhia em São Paulo.  06/02/2015    REUTERS/Paulo Whitaker

“Não se encontra ainda evidências de que a companhia adotou mecanismos robustos e efetivos para monitorar o padrão de conduta ético estabelecido em suas políticas e que mantenha sobre tais mecanismos controles independentes e supervisionados regularmente pelo Conselho de Administração”, disse o IBGC no documento enviado à Petrobras.

(Por Gustavo Bonato)

 

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.