Meio Ambiente

Ministério da Saúde destina verba de custeio para 18 novas UPAs

O Ministério da Saúde passou a custear 18 Unidades de Pronto Atentimento (UPA) novas e aumentou os repasses para outras 13. Os recursos somam R$ 56,5 milhões anuais, que serão repassados em parcelas mensais.

Manaus (Amazonas), Salvador e Feira de Santana (Bahia), Corumbá e Dourados (Mato Grosso do Sul) e Itapipoca (Ceará) estão entre as cidades com novas UPAs que receberão verba de custeio do Ministério da Saúde. Ao todo, com a Portaria 617, publicada no Diário Oficial da União na semana passada, o Ministério da Saúde repassou  R$ 56,5 milhões para custear 31 UPAs, localizadas em 30 municípios de 12 estados brasileiros (AM, BA, CE, DF, MG, MS, PB, PR, RJ, RS, SC e SP). Das unidades beneficiadas, 18 são novas, 13 são qualificadas e uma é ampliada e qualificada.

As UPAs são habilitadas pelo Ministério da Saúde após entrarem em funcionamento e qualificadas quando conseguem cumprir uma série de critérios para garantir maior qualidade dos serviços prestados, como o desenvolvimento de atividades de educação permanente para os profissionais e implantação de protocolos de atendimento clínico e classificação de risco.

As UPAs ficam abertas 24 horas e servem como um intermediário entre as Unidades Básicas de Saúde e os hospitais. Estão equipadas para socorrer pessoas com problemas de pressão, febre alta, fraturas, cortes, infartos e outras ocorrências de média complexidade, evitando que estes pacientes sejam encaminhados aos prontos-socorros dos hospitais.

 

Agência Brasil

Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close