Meio Ambiente

Projeto Campo Futuro gera informação sobre mercado agrícola em SC

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC), promove nesta semana o projeto Campo Futuro desenvolvido, em âmbito nacional, pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Na terça-feira (31) o município de Joinville sediou, na parte da manhã, o painel sobre tilápia, durante a tarde ocorreu uma visita técnica a um piscicultor. Na quarta-feira (1º), ocorre, em Florianópolis, uma visita técnica a dois maricultores no período da manhã e, à tarde, o painel sobre ostras. A última cidade será Tubarão que participará, na quinta-feira (2) do painel sobre produção de Tilápia em tanque escavado, durante a tarde e na sexta-feira (3), pela manhã terá a visita a um piscicultor.

De acordo com o presidente do sistema FAESC/SENAR-SC José Zeferino Pedrozo, o Campo Futuro alia a capacitação do produtor rural à geração de informação para a administração de riscos de preços, custos e de produção na propriedade rural. Também participam desse esforço instrucional a Embrapa, a Epagri e os Sindicatos Rurais.

O projeto também contempla o oeste catarinense nas culturas de trigo, soja e milho e o sul do Estado, com o arroz.

A geração de informações é desenvolvida pela CNA e consiste na elaboração de indicadores de conjuntura e de desempenho da cana-de-açúcar, café, fruticultura, grãos, bovinocultura de corte e de leite. “Esses indicadores têm como base os levantamentos de dados – chamados de painéis – realizados nos municípios representativos na produção agropecuária. Depois, é feito o acompanhamento mensal dos preços dos insumos e dos custos de produção nessas localidades”, enfatiza Pedrozo.

CAPACITAÇÃO

A capacitação dos produtores rurais é realizada por instrutores do Senar. Os produtores rurais aprendem, de forma prática, a elaborar o orçamento e o custo de produção da sua propriedade, além de utilizar instrumentos para o gerenciamento de riscos de preços, como derivativos agropecuários ou de produção e o seguro rural.

O Campo Futuro disponibiliza informações estratégicas para facilitar a tomada de decisões do produtor rural, mediante o acesso a um completo banco de dados do setor agropecuário, com a evolução sistemática dos custos de produção e da rentabilidade das principais atividades agrícolas e pecuárias e da publicação Ativos do Campo.

A geração de informações compreende o desenvolvimento de quatro ações: realização de painéis com instrumentos metodológicos para identificar os sistemas e coeficientes de produção de cada atividade rural em uma região específica; desenvolvimento de indicadores com informações de custo de produção e rentabilidade das culturas agrícolas e da pecuária nos estados; criação de um sistema de informação e consolidação das informações geradas pelo projeto de forma acessível ao produtor rural e ao público em geral; divulgação de publicações a partir de análises e relatórios setoriais de desempenho da agropecuária brasileira.

Um dos fundamentos da metodologia de acompanhamento dos custos de produção e da rentabilidade da agropecuária são os painéis que consiste em um procedimento de obtenção de informações que proporciona mais agilidade e versatilidade na atualização dos dados.

O superintendente do SENAR/SC Gilmar Antonio Zanluchi esclarece que a metodologia do painel consiste na definição da propriedade típica de produção em cada região de estudo. A propriedade típica se refere à realidade mais comum da região e de um determinado produto, considerado no estudo. Um grupo formado por técnicos e produtores conhecedores da realidade local se reúne para construir um sistema de produção mediante um debate aberto. “Juntos, eles montam uma planilha de custos de insumos e receita da faixa mais representativa da produção naquele município”, finaliza o superintendente.

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro.
Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável.
Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer!

Para falar comigo, entre em contato pelo email:
contato@meioambienterio.com

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker