Meio Ambiente

MMA entrega sistemas do Água Doce na PB

A partir desta sexta-feira, mais quatro comunidades rurais do semiárido paraibano serão beneficiadas pelo programa coordenado pelo MMA.

LUCIENE DE ASSIS

Pelo menos 165 famílias de quatro comunidades rurais dos municípios de Tenório e Taperoá, semiárido paraibano, já não sofrerão mais com a falta de água boa para beber. Quatro sistemas de dessalinização da água salobra dos poços recuperados pelo Programa Água Doce (PAD) serão entregues nesta sexta-feira (1º/7).

Há cinco anos, não cai do céu chuva capaz de abastecer os açudes e aliviar a seca que rachou a terra, levando fome e sede aos animais e aos moradores dessas localidades. No município de Taperoá, o benefício chega ao assentamento José Moreira da Silva e à comunidade de Jatobá da Serra. Na região de Tenório, a água doce e tratada agora aliviará a sede dos habitantes das comunidades de Tenório de Baixo e Cachoeirinha.

BENEFICIADOS

Participam da solenidade de entrega dos sistemas de dessalinização o secretário de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente, Ricardo Soavinski; o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho; o coordenador nacional do Programa Água Doce, Renato Saraiva Ferreira; o secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia (SEIRHMACT) do estado, João Azevedo Lins Filho; e o coordenador estadual do Programa Água Doce da Paraíba, Robi Tabolka dos Santos, além dos prefeitos e representantes das comunidades atendidas.

Essa água será compartilhada com os postos de saúde, os alunos das escolas municipais dessas comunidades e as pessoas que vivem nos assentamentos de Bugiga, Umbuzeiro, Acauã, Pedra d’água e Lagoa de Onça, localizadas nas proximidades de Jatobá da Serra.

O convênio com o estado da Paraíba visa implantar, recuperar e gerir 93 sistemas de dessalinização, favorecendo, aproximadamente, um total de 12 mil famílias. O valor do acordo firmado entre o MMA e o estado é de R$ 22 milhões. Segundo o coordenador nacional do Água Doce, Renato Saraiva, “os sistemas de dessalinização serão implantados nos municípios com os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), altos percentuais de mortalidade infantil, baixos índices pluviométricos e com dificuldade de acesso à água potável”.

ÁGUA BOA

Morador da comunidade de Jatobá da Serra, o agricultor José Monteiro de Farias, 69 anos, afirma que o sistema acaba “de vez” com a água que chegava de carro-pipa. “Agora a gente tem água de primeira qualidade, muito boa, uma riqueza para o povo, porque água é vida e sem ela ninguém vive”.

Ainda serão instalados sistemas de dessalinização em mais cinco comunidades do município de Taperoá, região do Cariri paraibano – Bom Nome, Quixaba, Salgado, Mineiro da Serra e Girau do Capim. Somado aos beneficiários de José Moreira da Silva e Jatobá da Serra, quando estiver concluída a instalação dos outros sistemas, pelo menos 2,8 mil pessoas terão água de qualidade para beber.

PRIORIDADES

No município de Tenório, localizado na região do Seridó e da Borborema, serão instalados mais três sistemas, levando água doce aos moradores de Lagoa de Tenório, Serrinha e Serra da Gruta, a exemplo do que acontece, hoje, com as famílias de Tenório de Baixo e Cachoeirinha. No final do processo, pelo menos 2 mil pessoas serão atendidas com a água fornecidas pelos poços dessalinizados.

Na viagem à Paraíba, o secretário Ricardo Soavinski, do MMA, conversou com o governador do estado, Ricardo Coutinho, sobre algumas das agendas prioritárias da sua pasta, como as políticas de recursos hídricos e de resíduos sólidos, a revitalização de bacias hidrográficas e o Programa Água Doce. Esses também foram os temas do encontro ocorrido entre Soavinski e o secretário João Azevedo Lins Filho.

Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)

Vagner Liberato

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.