Meio Ambiente

China acelerará esforços para implementar desenvolvimento sustentáve

A China acelerará os esforços para implementar a Agenda de Desenvolvimento Sustentável 2030 das Nações Unidas, disse nesta quarta-feira um alto diplomata.

Li Baodong, vice-chanceler chinês, fez o comentário em um fórum político de alto nível sobre o desenvolvimento sustentável que foi realizado na sede da ONU, em Nova York, em 19 e 20 de julho.

Ao apresentar aos representantes do mundo as medidas tomadas pela China sobre o desenvolvimento sustentável, Li disse que a Agenda 2030 está de acordo com os esforços da China para construir uma sociedade próspera de forma abrangente e realizar o Sonho Chinês do rejuvenescimento nacional.

A China promoverá o desenvolvimento econômico, político, cultural, social e ecológico de maneira integrada, disse Li.

Ao mesmo tempo, a China continuará promovendo a iniciativa do Cinturão e Rota, aprofundando a cooperação Sul-Sul e fornecendo assistência a outros países em desenvolvimento para implementar sua agenda de desenvolvimento, acrescentou.

Na discussão geral do fórum realizada na terça-feira, Li disse que a comunidade internacional precisa construir um ambiente necessário para implementar os objetivos da ONU.

“Devemos sustentar o princípio de medidas orientadas para o povo, facilitar a participação de todos os indivíduos no desenvolvimento sustentável e aprofundar a parceria de desenvolvimento global na qual a ONU desempenha um papel central.”

Li também disse que, na presidência do G20 deste ano, a China tem trabalhado ativamente para dar proeminência ao assunto de desenvolvimento.

Ele acredita que a iminente cúpula do G20 na cidade de Hangzhou fará contribuições positivas à agenda de desenvolvimento sustentável da ONU.

O fórum político da ONU de alto nível desempenha um papel importante na avaliação do progresso que as nações têm feito na Agenda 2030.

Neste ano, representantes de cerca de 70 países participaram da reunião ministerial anual do fórum. Vinte e dois países, incluindo a China, a França, a Alemanha e o Egito, compartilharam seu progresso para alcançar as metas de 2030

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close