Meio Ambiente

Iniciativa estimula os cuidados com a saúde da mulher no meio rural em Papanduva

Avaliar postagem!

Produtoras rurais da comunidade Floresta São João, em Papanduva na região norte de Santa Catarina terão, nesta quarta-feira (10), um encontro do programa especial “Saúde da Mulher”. A ação é uma promoção do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), em parceria com o Sindicato Rural de Papanduva e a Secretaria Municipal de Papanduva. A iniciativa visa orientar as produtoras rurais sobre a importância em cuidar da saúde e da prevenção contra o colo do útero.

O Papanicolau, ou preventivo, como é popularmente conhecido, é um dos principais exames para o diagnóstico precoce do câncer do colo do útero – o terceiro tumor mais frequente entre as mulheres, atrás do câncer de mama e do colorretal. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), no Brasil a doença é a quarta causa de óbitos de mulheres por câncer. Até o ano de 2013 foram constatadas 5.430 mortes em todo o País. A estimativa do INCA é de que em 2016 surjam 16.340 novos casos da doença.

“As mulheres terão acesso a exames Papanicolau, atendimento no espaço beleza, palestras educativas, lanche, almoço e entrega de kits”, explica a supervisora do Senar/SC na região norte, Carine Weiss. De acordo com a supervisora, as atividades são promovidas com o intuito de integrar as mulheres, esclarecer dúvidas e contribuir com a autoestima.

O PROGRAMA

“O objetivo do programa é gerar oportunidades de educação, prevenção e diagnóstico do câncer do colo do útero nas comunidades, levando conhecimentos que possibilitem a mudança de atitudes, favorecendo para uma melhor qualidade de vida”, ressalta o superintendente do Senar/SC, Gilmar Antônio Zanluchi.

Leia agora  Iniciativa estimula economia extrativista

A iniciativa é voltada para mulheres rurais que nunca fizeram ou que estejam com o exame preventivo atrasado há pelo menos dois anos. “A intenção do Senar/SC é estimular os cuidados com a prevenção de doenças nas famílias rurais. A preocupação é reduzir o número de vítimas do câncer, por isso é preciso chamar a atenção para o diagnóstico precoce da doença”, explica Zanluchi.

NOVAS TURMAS

A segunda turma do mês será em Itaiópolis, no dia 17 (quarta-feira), na comunidade de Iracema em parceria com o Sindicato Rural de Itaiópolis e a Secretaria Municipal de Saúde de Papanduva.

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.