Energias renováveis são a opção mais barata hoje

Os custos de geração de energia renováveis já são, na média mundial, inferiores aos dos combustíveis fósseis e as usinas de energia limpa se tornarão ainda mais competitivas em 2020.  Estas são as principais conclusões de um novo estudo publicado pela Carbon Tracker Initiative, de Londres.
“Os decisores políticos e os investidores realmente precisam questionar a suposições datada sobre custos de tecnologia que não foram atualizadas para o processo de descarboniozação deflagrado pelo Acordo de Paris.

Planejar novas usinas de carvão e gás usando as taxas de ocupação e vida útil do cenário business-as-usual  é a receita para ativos ociosos no futuro”, alertou o chefe de pesquisa da Carbon Tracker, James Leaton.

O relatório Fim da ocupação do carvão e do gás?

compara os custos de geração de energia a carvão de quatro usinas recém construídas: carvão, gás, eólica e de energia solar. O documento aplica uma análise de sensibilidade a um custo nivelado de eletricidade (LCOE, na sigla em inglês) em três cenários: um cenário de referência de 2016, um cenário atualizado de 2016 e um cenário para 2020 com base no caminho para mantermos a temperatura abaixo dos 2˚C caminho, onde as decisões de investimento tenham em conta as tendências de descarbonização.

Essa comparação mostra que taxas de ocupação reduzidas e vidas úteis mais curtas para as usinas de carvão e gás em um mundo que é descarbonizado de forma constante, o que prejudica significativamente a economia das usinas.

Atualmente, poucas modelagens levam em conta esse tipo de dinâmica para o cálculo futuro. Enquanto isso, a combinação do menor custo do capital com as tecnologias mais baratas para a energia solar e eólica melhora a posição competitiva relativa das energias renováveis.
“Esta análise explica porque as energias renováveis já são a opção mais barata em diversos mercados. Esta tendência é susceptível de se espalhar à medida que o crescimento das energias renováveis prejudica a economia de combustíveis fósseis “, disse Paul Dowling co-autor do relatório.

O estudo constata também que o rumo da economia forjado pela aplicação das Contribuições Determinados a nível Nacional (NDCs) pós-2020 vai levar as energias renováveis, em média, a um custo ainda mais competitivo, mesmo se os preços dos combustíveis fósseis caírem e os preços do carbono permanecerem modestos em torno de US $ 10 / tCO2 ou abaixo disso.
O gráfico abaixo mostra a transição dos custos globais médios relativas a partir de de números de referência de 2016 até indicadores operacionais atualizados para um mundo de baixo carbono pós-2020.

 

O relatório pode ser encontrado neste link:

http://www.carbontracker.org/report/the-end-of-the-load-for-coal-and-gas/

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.