Meio Ambiente

Beleza da arte barroca é apresentada no Projeto Bravíssimo

O repertório camerístico e orquestral dos séculos XVII e XVIII tomou conta do palco do Projeto Bravíssimo no último domingo, (25). Ao som de violinos, violas, flauta doce, violoncelo, contrabaixo, guitarra barroca, teorba e cravo, a Orquestra Arte Barroca foi a quarta apresentação da 10

ª edição do Bravíssimo. O grupo formado por 13 instrumentistas presenteou a plateia com a interpretação de músicas do período Barroco, por meio de elementos estilísticos, históricos e biográficos.

A Orquestra, que completará 10 anos em 2017, foi criada por Paulo Henes e utiliza cópias de instrumentos barrocos como os das orquestras daquele período. De acordo com Henes, a sonoridade apresentada nos espetáculos é totalmente diferente do que as pessoas estão acostumadas a ouvir no Brasil, no que diz respeito a apresentações orquestrais. “Temos instrumentos bem peculiares. Isso proporciona sempre um som diferente. Além disso, como pesquisamos muito esse repertório, sempre levamos alguma peça inédita em nossas apresentações”, explicou.

Henes ressaltou que a música Barroca não é muito difundida no Brasil. “Quando se fala nesse estilo a maioria das pessoas remete aos hits que todos tocam, tais como ‘Quatro Estações’. A nossa proposta é justamente ir contra isso e mostrar o que ninguém conhece. Um dos grandes nomes da música barroca, o compositor Telemann, tem mais de duas mil obras. Tem muita música ainda para ser mostrada desse período”, complementou.

Os integrantes Paulo Henes, Pedro Ribeiro, André Cortesi, Alceu Camilo, Beatriz Ribeiro, Manoela Bonina, Veridiana Oliveira, Mauro Viana, Marcelo Borges, Gabriela Leite, Ricardo Karelisky, Rosimary Parra e Vitor Barbero, com entusiasmo e idealismo, procuram aperfeiçoar a interpretação orientando-se pelo estudo de tratados de época do período Barroco.

A coordenadora do evento, Luciana Lang Passos, destacou que o projeto mescla apresentações com estilos musicais diferenciados e singulares, demonstrando ao público chapecoense a diversidade musical do País. “A cada apresentação o público consegue viajar para algum lugar e descobrir novas culturas e sensações”.

BRAVISSÍMO

O Projeto Bravíssimo é um trabalho cultural, social e benemerente, que reflete a filosofia dos promotores e parceiros. Em 2016 completa 10 anos. Ao longo de sua história o projeto tornou-se referência de música de qualidade e formação de plateia. A iniciativa é do Grupo Condá e do Rotary Club Chapecó Oeste.

Para o presidente do Rotary Club Chapecó, Adriano Czarnobai, quando o público compra o pacote de ingressos do Projeto Bravíssimo faz uma contribuição para os projetos sociais do Rotary Club Chapecó Oeste e, em contrapartida, é presenteado com belas apresentações. “Quando desenvolvemos ações em prol do próximo recebemos de volta tudo de bom que fazemos. Esse é o espírito rotário. Somos um município com cidadãos que têm esse espírito rotário de ajudar o próximo e merecemos um evento nesse nível. Com certeza o Bravíssimo é um dos melhores projetos que Chapecó já recebeu. Em nome do Rotary Club Chapecó Oeste agradeço ao público chapecoense que sempre colabora com a iniciativa”, complementou.

O patrocínio é da Avianca, Hotel Lang Palace, Santa Maria Imóveis, Renova Marcas e Patentes, Rota Impressos Gráficos e Perfetto Uomo. Conta com apoio da Prefeitura de Chapecó, RICTV Record, BS Áudio e MB Comunicação.

NOVAS APRESENTAÇÕES

O Projeto Bravíssimo contará ainda com duas apresentações até o final do ano. No mês de outubro, dia 30, a Banda Klezmorim se apresentará no palco do Bravíssimo. A banda pesquisa, compõe e propõe um resgate musical dos temas do gênero Klezmer, originário do século XV dos guetos do leste europeu e de influência judaico-cigana.

Encerrando a edição de 2016, a Orquestra Unisul se apresenta no dia 11 de dezembro. O grupo objetiva popularizar a música erudita, primando sempre por espetáculos de absoluta qualidade e colaborando com a formação de plateia nas comunidades.

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.