Últimas notícias

Black Friday 2017 Reclame Aqui: Veja a lista de queixas e lojas

A Black Friday 2017 teve mais de 3,5 mil queixas este ano no site de reclamações Reclame Aqui, veja as lojas mais citadas e tipos de queixas e produtos

O principal motivo das reclamações (Black Friday 2017 Reclame Aqui), repetindo o quadro de outros anos, foi por “propaganda enganosa” sendo o motivo de queixas mais alegado no Reclame Aqui, o site fechou a Black Friday 2017 com 3.503 reclamações de consumidores.

O total não é nenhum novo record, no ano de 2014 o volume bateu 12 mil queixas, porém é um número 17,1% mais alto que o da edição de 2016 do evento, ano em que foram registradas 2,9 mil queixas.

Queixas na Black Friday 2017 Reclame Aqui: entidade acusa aumento este ano no site de reclamações 

Desde 2014, quando tivemos o recorde de ocorrências, cerca de 12 mil, estes números vinham apresentando uma queda, até 2016, subindo novamente este ano, e, as alegações praticamente continuam sendo as mesmas, o que é ruim para a credibilidade do evento: propaganda enganosa.

Veja o balanço com reclamações da Black Friday Brasil 2017 de 18h desta quinta-feira, (23,) até a meia-noite de sexta-feira, (24).

Ressaltamos que os números podem aumentar, pois no final de
semana muitas lojas prometem prorrogar a Black Friday 2017 mais ainda com descontos a fim de esvaziar seus estoques.

Se ainda não achou nada de vantajoso para investir seu dinheiro, ou satisfazer aquele velho sonho de consumo, fique atento aos anuncios.

Veja quais foram as lojas que mais tiveram reclamações (Black Friday 2017 Reclame Aqui)

Magazine Luiza – Loja Online – 263 reclamações;
Americanas.com – Loja Online – 245 queixas;
Kabum! – com 173 ocorrências.

Quais foram as principais queixas dos consumidores na Black Friday 2017

13,5% das queixas: Propaganda enganosa
9,6% das queixas: Problemas na finalização das compras
e com 8,8%, ficou a reclamação quanto a divergência de valores.

Entre os produtos que mais tiveram reclamações estão:
Smartphones (8,9%), TVs (4%), Perfumes (1,7%), Tênis (1,5%) e
Notebooks (1,3%)

O site Reclame Aqui chama a atenção ainda para as inúmeras denúncias sobre ofertas em sites falsos (clones de sites de lojas de renome que se passa por verdadeiros), não listadas nesta matérias.

O consumidor deve ficar atento aos preços de fretes por vezes abusivos, mais caros que os cobrados normalmente, e o tempo de entrega, que pode ser muito longo, lembramos que estamos poucos dias das festas de final de ano, período em que os Correios ficam congestionados.

Black Friday brasileira de novo não surpreendeu

Em resumo o evento da Black Friday Brasil parece que mais uma vez não surpreendeu nos desconto e ainda esta longe do que acontece nas lojas dos Estados Unidos, onde foi criado.

(Fonte: TechTudo)

Tags
Ler matéria completa

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close