Notícias locais

Pinhalzinho terá Casamento Cooperado com 23 noivos em abril

O motivo que levou Katiele Bedin e Deverson Felipe Dal Sotto para a cidade de Pinhalzinho foi o mesmo: a oportunidade de emprego que a Cooperativa Central Aurora Alimentos ofereceu aos dois. Foi no ambiente de trabalho que há sete anos iniciou a história de amor do casal que está prestes a realizar o sonho do matrimônio no Casamento Cooperado, marcado para o dia 07 de abril, às 16h30, na Igreja Matriz de Pinhalzinho. A iniciativa é promovida pela Fundação Aury Luiz Bodanese da Cooperativa Central Aurora Alimentos por meio do programa “Amigo Energia”.

“Apareceu a oportunidade de oficializar a nossa união através do Casamento Cooperado. Nos inscrevemos e estamos muito ansiosos e empolgados com os preparativos. Vai ser um momento de celebrar a união com amigos e familiares. Estamos muito agradecidos pela atenção e carinho com que a Fundação está organizando o evento, temos certeza que será um dia muito especial na vida de todos os casais”, comenta a noiva Katiele.

Assim como Katiele e Deverson, outros 22 casais também oficializarão a união no Casamento Cooperado. “Esse é um dia esperado, o qual é planejado com carinho e cuidado. Nós buscamos, em conjunto com os noivos, pensar esse momento de maneira única para cada casal. Realizamos reuniões com parceiros a fim de oportunizar uma data inesquecível”, afirma a presidente da Fundação Aury Luiz Bodanese, Isabel Cristina Machado.

O gerente da unidade da Aurora Alimentos de Pinhalzinho, Celso Inácio Lermem,destaca que realizar o segundo Casamento Cooperado no município é motivo de muita emoção e alegria por poder realizar o sonho de 23 casais dos municípios de Pinhalzinho, Nova Erechim, Saudades e Águas Frias. “É gratificante participar desse momento ímpar na vida dos casais. Além disso, estamos exercitando o voluntariado e o engajamento comunitário. Nossa equipe está se preparando para que seja de fato um momento para guardar eternamente na memória”. 

A coordenadora do programa “Amigo Energia” Débora Peres Mendes esclarece que o Casamento Cooperado conta com a importante contribuição dos voluntários que dedicam seu tempo para fazer esse momento único. “É tudo planejado com muito carinho para os noivos, seus familiares e amigos. Após a cerimônia na igreja eles serão presenteados com a festa no Salão Paroquial da Igreja Matriz”, complementa.

Ler matéria completa

Guiga Liberato

Meu nome é Guiga Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: [email protected]

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close