Últimas notícias

Israel lança investigação no Facebook sobre possível violação de privacidade

O Ministério da Justiça de Israel informou nesta quinta-feira que uma investigação foi lançada sobre o vazamento de informações pessoais do Facebook de usuários israelenses. O ministério disse que a investigação foi aberta após relatos da mídia de que a empresa de mineração de dados Cambridge Analytica havia coletado informações sobre os usuários do Facebook.

“A Autoridade de Proteção de Privacidade de Israel informou hoje ao Facebook que abriu uma investigação sobre suas atividades, seguindo as publicações sobre as transferências de dados pessoais do Facebook para Cambridge Analytica, e a possibilidade de outras violações da lei de privacidade em relação aos israelenses”, disse a juíza. Ministério disse em um comunicado.

De acordo com a Lei de Privacidade de Israel, os dados pessoais só podem ser usados ​​para o propósito para o qual foram dados, com o consentimento do indivíduo. A Autoridade de Proteção à Privacidade “investigará se os dados pessoais de cidadãos israelenses foram ilegalmente usados ​​de forma a infringir seu direito à privacidade e as disposições da Lei de Privacidade de Israel”, disse o comunicado.

A Cambridge Analytica, uma empresa britânica de consultoria, foi acusada de coletar dados de até 50 milhões de usuários do Facebook sem permissão e usar os dados para ajudar os políticos, incluindo o presidente dos EUA, Donald Trump, e a campanha Brexit. Na quarta-feira, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, pediu desculpas pela “grande quebra de confiança”, dizendo que a empresa tomaria medidas para proteger os dados pessoais.

Tags
Ler matéria completa

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close