PERU: Usina fotovoltaica Rubí, a maior do país, entra em operação com 180 MW

0

Enel Green Power Peru (EGPP), a subsidiária de energia renovável da Enel italiana, anunciou a inauguração e start-up da planta fotovoltaica Ruby, 180 MW, localizado no distrito da província de Moquegua de Mariscal Nieto, na sul do país. É a planta em seu maior tipo e a primeira energia solar da Enel no Peru.

Usina fotovoltaica Rubí, a maior do país, entra em operação com 180 MW
Enel diz em um comunicado que investiu cerca de 170 milhões de dólares neste projeto, parcialmente financiados pelos recursos próprios do Grupo Enel e, por outro lado, pelo Banco Europeu de Investimento.

A planta é apoiada por um contrato de fornecimento de energia de 20 anos assinado com o Ministério de Energia e Minas. É anunciado que, quando estiver totalmente operacional, Rubí gerará aproximadamente 440 GWh por ano, que serão injetados no Sistema Elétrico Interligado Nacional (SEIN) através da subestação Montalvo.

O acordo de fornecimento (PPA) apoiando o projeto foi atribuído a Enel em 2016 no assim – chamado RER Leilão Quarto para fornecer energia para o Sistema Elétrico Interligado (SEIN) convocada pela Agência de Supervisão de Investimento em Energia e Mineração (OSINERGMIN) a entidade reguladora de energia.

Notavelmente EGPP se torna a única empresa de energia no país a operar plantas com três tecnologias renováveis diferentes: Rubi disse Wayra parque fotovoltaico, vento I (132 MW) e hidro Ayanunga (20 MW).

Criação de Valor Compartilhado

A declaração explica que, no âmbito do que a Enel chama de “Modelo de Criação de Valor Compartilhado (CSV)”, que garante que busca combinar o desenvolvimento do negócio com as necessidades das comunidades locais, foi realizado ” um programa de treinamento para a comunidade local na reciclagem da madeira utilizada pelo projeto para a fabricação de móveis, uma iniciativa realizada em colaboração com o município de Moquegua. ”

Nesse sentido, acrescenta-se também que a EGPP “firmou convênio com a Associação de Riscos do Pampa Clemes para a promoção de recursos para o desenvolvimento de projetos produtivos e sociais na área de influência da usina solar de Rubí”.

Deixe uma resposta