Bolsonaro pode alavancar a economia da Argentina, afirma analista político

1

Bolsonaro pode alavancar a economia da Argentina, afirma analista político

A Argentina vive hoje uma de suas maiores crises políticas, que alcançou seu auge com a alta do dólar. Na opinião do analista político e escritor, Eduardo Negrão, um político brasileiro poderia resolver a situação econômica do país vizinho, porque ele entende que uma eventual vitória do militar Jair Bolsonaro (PSL) provocará uma mudança radical na diplomacia e estratégia de comércio exterior do Brasil. “Bolsonaro vai se distanciar de ‘governos bolivarianos’ como da Bolívia, Venezuela, Peru e Equador. Também vai endurecer o combate ao tráfico de drogas e contrabando de armas, leia-se Paraguai”, disse Negrão, durante entrevista ao jornal argentino Minuto Ya nesta segunda-feira (21) .

O Mercosul perderá força e o governo Bolsonaro apostará em parcerias bilaterais preferencialmente com Argentina e Chile. O Uruguai que sempre acolhe doleiros e políticos brasileiros sem questionar a origem das fortunas que eles adentram a nação celeste e a grande influência do ex-presidente Mujica não se mostra um bom cartão de visitas.

O parlamentar brasileiro promete interferir menos no agronegócio, diminuir impostos e tarifas o que pode incrementar as exportações argentinas para o Brasil. Bolsonaro pode tentar uma aliança com Argentina e Chile por se tratarem de economias-de-mercado e tentar tratados bi-laterais com países europeus e asiáticos.

“Uma excelente notícia para os argentinos, ainda que sem grandes consequências econômicas, e Bolsonaro é crítico das ‘Falklands’ podendo vir a ser um grande aliado no campo diplomático para a retomada das Malvinas”, conclui Eduardo Negrão.

Nos bastidores da política

Eduardo Negrão participou de campanhas políticas importantes em São Paulo e Minas Gerais prestando consultoria para diversos políticos. Foi convidado especial para comentar as eleições presidenciais de 2014 na RIT TV (emissora aberta com transmissão através da antena parabólica e afiliadas) e constantemente é entrevistado em emissoras de rádio e televisão onde analisa o cenário político.

Além de consultor de marketing político, Eduardo Negrão também é escritor e palestrante. Ele publicou dois livros pela Scortecci Editorial. O primeiro foi México – Pecado ao Sul do Rio Grande e o mais recente é Terrorismo Global – onde aborda os 250 anos da história do terrorismo no mundo.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta