Data center submarino da Microsoft entra em operação

1

A Microsoft é a segunda empresa mais valiosa do mundo, em valor de mercado, e acaba de inaugura um complexo industrial submerso para utilizar seus servidores de forma eficiente e sustentável.

Após um longo período de teste a Microsoft acaba de revelar que o primeiro data center debaixo d’água encontra-se disponível e em operação. Em todo o planeta este é o único data center submerso e que usa energia renovável para sua manutenção.

O projeto foi desenvolvido para aproveitar a capacidade natural de refrigeração aproveitando a temperatura ambiente do mar. O datacenter submarino da Microsoft será utilizado para ampliar os serviços de cloud oferecido pela empresa.

Dentro do mesmo encontram-se atualmente 864 servidores, os quais são totalmente alimentados por energias renováveis – como a solar, eólica e até pelas ondas do mar. No total os servidores existentes consomem mais de 1 Megawatt de energia.

Um dos motivos que levou a empresa a planear este projeto estaria como forma de economizar energia com a refrigeração, aproveitando para tal a temperatura natural do mar. Com isto, os datacenters poderiam ser muito mais eficazes eletricamente, não necessitariam de tanta manutenção e ainda poderiam ser mais sustentáveis a longo prazo.

Em todo o caso, a plataforma ainda se encontra sobre uma forte monitorização, com vários sensores a reverem constantemente o estado dos servidores. Caso seja verificado que a solução pode ser viável a longo prazo, a empresa pretende implementar outros centros de dados submarinos mais próximos de zonas urbanas.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta