Facebook lança plataforma de streaming para concorrer com o YouTube e o Twitch

1

Quando se trata de streaming de jogos dois grandes nomes vem à cabeça, o Twitch e o Youtube. São os líderes do mercado e trabalham com sistemas de “gorjetas” para os jogadores que fazem as transmissões. Sejam dos jogos mais populares como Fortnite, League of Legends e Overwatch, os sites mantém uma grande tradição na categoria e recebem milhões de visualizações diariamente havendo pouquíssima concorrência.

Pelo menos até agora, pois na tarde desta quinta-feira (7) o Facebook anunciou a plataforma Fb.gg que consiste em um espaço dedicado a transmissão de jogos. A possibilidade de realizar essas transmissões na rede social já existia, mas era praticada por poucos. Agora a empresa planeja se impulsionar no mercado trazendo uma página inicial repleta de recursos para que os usuários possam navegar mais facilmente.

Entre as ferramentas estão os links para as streams dos jogadores que o usuário já segue, seja por curtir uma página ou um grupo específico. E também uma seleção de criadores de conteúdo recomendados, além de informações sobre a indústria dos jogos. Atuará principalmente como plataforma para que se descubra novos streamers para se assistir e diferentes jogos para acompanhar sem a necessidade de procurar pela bagunça da tela inicial em busca destes conteúdos específicos.

Em Janeiro o Facebook lançou sua própria versão do sistema de “parceria” do Twitch, intitulado de “criador de conteúdo para jogos”, que funciona da mesma forma que o de seu concorrente. Os usuários se inscrevem nestes programas para se tornarem streamers profissionais, recebendo dinheiro de forma diferente do método tradicional.

A intenção era a de atrair mais jogadores para o Facebook, mas o Twitch e o Youtube permanecem os líderes absolutos do mercado na área. O primeiro para transmissões ao vivo, e o segundo líder no compartilhamento de jogos pré-gravados. O Facebook deseja então atingir as duas categorias.

Mas assim como o Youtube, a rede social continua perdendo para a audiência ao vivo do Twitch. Isso ocorre principalmente pela construção de público do site, voltado para jogos e atrai um público que está acostumado a acompanhar as partidas em tempo real. Existe todo um valor inerente desta prática, pois a audiência sente que está vivendo aquela emoção coletivamente e simultâneamente. É basicamente por isto que o Twitch permanece com um público tão fiel, que vem crescendo cada vez mais.

Até agora o Fb.gg parece comprometido principalmente com as transmissões da mais nova febre dos jogos; o Fortnite. E faz sentido focar nesta audiência. É o jogo mais popular do momento e quebrou recordes de partidas mais vistas no Twitch por meses. Atualmente existem por volta de 3,000 pessoas ativamente transmitindo partidas de Fornite para um audiência de 210,000 espectadores, o que coloca a nova ferramenta do Facebook perigosamente próxima aos números alcançados pelo Twitch.

Para saber se este investimento trará a rede social de vez para o mercado de E-Sports será necessário alguns meses. Difícil dizer neste momento se será uma ameaça real aos gigantes atuais do mercado. Mas não é a primeira vez que o Facebook tenta tirar proveito da explosão do mercado gamer, em 2016 fez, inclusive ,uma parceria com a Blizzard para transmitir campeonatos de Overwatch.

Mais recentemente incluíram uma função para os streamers transmitirem jogos de smartphones e firmaram uma parceria com a organização de E-Sports ESL One para reproduzir ao vivo competições de Dota 2 e Counter-Strike GO. O mundo das competições digitais cresce a cada dia com cada vez mais investimentos no setor. Não seria estranho se, em poucos anos, os E-Sports passassem a mobilizar tanta atenção quanto as Olimpíadas.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta