Canoas havaianas confirmadas no dia dos mares limpos, no Peró

0

Uma competição de amor ao meio ambiente. Neste sábado, no Dia Mundial dos Mares Limpos, mais de cem praticantes de canoas havaianas de Cabo Frio vão participar do maior evento de proteção ao meio ambiente já realizado na Região dos Lagos. Eles sairão cedo do Canal Itajuru, próximo à Ilha do Japonês, não de olho no relógio, mas no lixo. Eles vão recolher detritos, em especial plásticos, ao longo dos 7,5 quilômetros do Itajuru até a Praia do Peró.

O Dia dos Mares Limpos vai reunir mais de mil pessoas, entre estudantes, esportistas, ambientalistas, moradores, veranistas e turistas, das 9 às 12h, no trecho da praia do Peró que vai receber a Bandeira Azul (título internacional de qualidade de praias) no fim do ano. Vão acontecer atividades para todos os gostos e idades. O QG do evento será montado pela coordenação do Bandeira Azul na areia, ao lado do posto do GMAR (salva-vidas).

— As canoas sairão às 7h30 do Canal Itajuru e a partir dali os remadores já vão começar a recolher o lixo que encontrarem no mar. Será uma atividade com foto total na poluição dos mares, mas habitualmente costumamos recolher o lixo que encontramos no mar sempre que é possível – explicou a remadora Luane Ferreira, da equipe do Clube Náutico, que coleciona vários títulos em competições de canoas havaianas.

Segundo Luane, os remadores vão se concentrar no canto direito da Praia do Peró, perto da Cabana do Pescador, que está apoiando o evento. Ali vão descer o lixo recolhido no mar e também fazer pequenos passeios, na área abrigada, com os estudantes, que têm grande curiosidade sobre as canoas havaianas.

Canoas havaianas / Imagem: Paulo Araújo
Canoas havaianas / Imagem: Paulo Araújo

— Nós temos vários alunos do Peró. Eles podem embarcar ao lado da Pousada Porto Veleiro. O esporte está crescendo muito em Cabo Frio – afirmou Joca Marola, que produz pranchas de surf no Peró e comanda uma escolinha de canoas havaianas no Itajuru.

Mergulhadores da Dive Tour, com a coordenação de Osni Guiano, farão mergulhos com snoker ou ar comprimido, nas pedras do Morro do Vigia para recolher o lixo subaquático, o grande vilão dos animais marinhos, em especial as tartarugas:

— Dependendo das condições do vento, faremos a limpeza no lado do Peró ou das Conchas – disse Osni, que comanda cursos de mergulho e salvamento no mar em Cabo Frio.

Deixe uma resposta