Bastidores da TVEntretenimento

Record imita Band e faz final confusa do Canta Comigo

Grande final do Canta Comigo contou com muito material gravado e pouca transmissão ao vivo

A primeira temporada do Canta Comigo, reality musical apresentado por Gugu na Record, chegou ao fim na noite da última quarta-feira, 12 de setembro.

O formato é britânico e vem da BBC. O original All Together Now começou a ser exibido em janeiro desse ano no Reino Unido e chegou ao Brasil como um formato que coube sem dificuldade na grade de programação da Record.

O formato do Canta Comigo também tem tudo a ver com Gugu que já comandou competições musicais em seus programas.

Canta Comigo Grande Final

O episódio final, como já dito, foi exibido na noite de ontem, 12/09. Durante toda a semana, a Record investiu em chamadas da Grande Final, anunciando que a final seria transmitida ao vivo direto de seus estúdios em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo.

Os comunicados enviados para a imprensa também deixavam claro que a final da primeira temporada do Canta Comigo seria apresentada ao vivo e que seria emocionante. De fato, a emoção tomou conta do final de temporada do reality musical, com cantores incríveis e suas trajetórias tão incríveis quanto. Porém, a parte do “ao vivo” deixou um pouquinho a desejar.

A exemplo do que a Band já faz com o seu reality show mais famoso, o Master Chef e todos os seus derivados (vide versão com Profissionais e Crianças), a Record decidiu deixar a final pré-gravada. Apenas o anúncio do vencedor do programa foi transmitido ao vivo. Ou seja, os telespectadores acompanharam 100 minutos de uma final gravada e apenas 5 minutos de uma transmissão ao vivo. Até que ponto a informação de uma “grande final ao vivo” é honesta nesse caso?

Canta Comigo Débora Pinheiro

Apesar da confusão, a final do Canta Comigo cumpriu com boa parte do prometido pela Record. Foi uma final emocionante que em nada ficou devendo à final de realities musicais da Globo como o The Voice e o Superstar.

A tensão para formar o trio de finalistas com cinco eliminações durante o último programa tomou conta da edição e fez chorar até o mais frio dos jurados.

Além disso, a vitória de Débora Pinheiro coincidiu com a opinião dos jurados, já que Débora foi a cantora, dentre os três finalistas, que alcançou a maior nota em sua apresentação final: 96 aprovações de 100 possíveis. Débora conquistou quase 50% dos votos do público de casa.

A segunda temporada do Canta Comigo já foi confirmada pela Record e deve estrear no primeiro semestre de 2019.

Olá! Eu sou o Raigor. Sou escritor de livros infanto-juvenis desde 2014 e redator nas horas ocupadas. Autêntico canceriano e apaixonado pela escrita desde que aprendi a ler com quatro anos, escrevo sobre celebridades, séries e filmes aqui no Meio Ambiente Rio. Eu amo esse universo e se quiser entrar em contato comigo, escreva pararaigorbooks@gmail.com

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close