Programa Renovabio incentiva produção sustentável de biocombustíveis

O Ministério de Minas e Energia (MME) disponibilizou para Consulta Pública as Diretrizes Estratégicas para Biocombustíveis do RenovaBio – programa lançado para incentivo à produção sustentável de biocombustíveis no Brasil. O lançamento foi feito em 15 de fevereiro e as contribuições podem ser feitas até dia 20 de março.

No evento, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, destacou que o lançamento marca a retomada da interlocução com o setor e ressaltou a importância dos biocombustíveis na matriz energética.
Também presente na abertura, o Secretário de Petróleo e Gás, Marcio Felix, destacou o desejo de que o RenovaBio seja reconhecido nacionalmente e elogiou a participação de todos os envolvidos na construção da iniciativa.
“O objetivo é que essa iniciativa seja reconhecida não apenas como uma política de governo, mas como uma política de Estado. Esse apoio e motivação dos envolvidos é extremamente importante para evolução do nosso trabalho”, destacou.
A Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) e a Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp (Campinas, SP) participarão da elaboração deste programa, definindo o método e a ferramenta a serem adotados para a comprovação do desempenho ambiental da produção de biocombustíveis – relacionando eficiência energética e emissão de gases de efeito estufa, com base em Avaliação de Ciclo de Vida (ACV) – e estabelecendo as diretrizes para sua certificação. Marília Folegatti Matsuura, pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente, esteve no lançamento e acredita que “este será um importante estímulo à melhoria dos processos produtivos agrícolas e agroindustriais para fins energéticos, com vistas à sustentabilidade ambiental”.

O Programa RenovaBio alinha-se à meta de redução de 43% das emissões de gases do efeito estufa até 2030, firmada na COP 21, em Paris. Lançado dezembro de 2016, busca expandir a produção de biocombustíveis no Brasil, baseada na previsibilidade, na sustentabilidade ambiental, econômica e social, compatível com o crescimento do mercado Objeto de Consulta Pública, todas suas partes, inclusive seu objetivo, valores e diretrizes, são proposições a serem analisadas e validadas pela sociedade brasileira.

Entre as premissas consideradas pelo programa estão quatro principais eixos: definição do papel dos biocombustíveis dentro da matriz energética, regras de comercialização desses produtos, sustentabilidade ambiental e o desenvolvimento de novos biocombustíveis.

Após a Consulta Pública e a consolidação de suas contribuições, a proposta inicial poderá ser aperfeiçoada. A partir disso, deverá ser buscado o instrumento adequado para a formalização dessas diretrizes, importantes para nortear as políticas públicas de Estado para os biocombustíveis (com informações da Assessoria de Comunicação Social de MME).

Acesse a Consulta Pública em
(http://www.mme.gov.br/web/guest/consultas-publicas?p_p_id=consultapublicaexterna_WAR_consultapublicaportlet&p_p_lifecycle=0&p_p_state=normal&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-1&p_p_col_count=1&_consultapublicaexterna_WAR_consultapublicaportlet_consultaId=26&_consultapublicaexterna_WAR_consultapublicaportlet_mvcPath=%2Fhtml%2Fpublico%2FdadosConsultaPublica.jsp)

Saiba mais sobre o RenovaBio em
http://www.mme.gov.br/web/guest/secretarias/petroleo-gas-natural-e-combustiveis-renovaveis/programas/renovabio/principal

 

Cristina Tordin (MTB 28499)
Embrapa Meio Ambiente

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.