EntretenimentoLançamentos Netflix

American Vandal Netflix: 2ª temporada da série usa crime nojento para debater problemas da geração Millennial

Apesar do tom cômico duvidoso, a segunda temporada de American Vandal na Netflix encontra espaço para debater temas sérios

Em um primeiro olhar, pode até ser que você pense que a série American Vandal, cuja segunda temporada acabou de chegar na Netflix, não passe de uma comédia pastelão ao melhor estilo das paródias produzidas pelos Irmãos Wayans. Os trailers da série nos induzem a isso. Mas a verdade é que o tom cômico desta série em formato de documentário é apenas a superfície para histórias bem contadas e personagens bem construídos.

O formato de American Vandal nos remete muito ao do reality show da MTV, Catfish. O fato de contar com uma dupla de homens investigando algo estranho ajuda a aproximar esses dois programas. E as semelhanças não ficam apenas nisso. Muitas situações vistas em American Vandal, especialmente quando se encontra pistas do acontecido por meio de conversas de bate papo nas redes sociais, lembram muito a natureza narrativa de programas como o Catfish de Max e Nev.

American Vandal Netflix 2ª Temporada

Não dá para não lembrar também de Making a Murderer (2015). A série documental que conta a história de Steve Avery se parece muito com a segunda temporada de American Vandal. Mas as semelhanças, nesse caso, tem um limite. Afinal, Making a Murderer conta uma história real enquanto American Vandal só quer te divertir e sensibilizar com uma história ficcional contada em formato de documentário. Algo parecido com o que a Fox faz com Modern Family.

Apesar de todas as comparações, vale lembrar que American Vandal tem um aspecto ficcional mais forte. Há situações na série que fogem um pouco do tom documentário e partem para o drama adolescente mais hollywoodiano possível.

Em sua segunda temporada, American Vandal continua a seguir a dupla de documentaristas Peter Maldonado (Tyler Alvarez) e Sam Ecklund (Griffin Gluck) em mais uma missão inusitada. Dessa vez, a missão ocorre no colégio São Bernardino. É um colégio católico famoso pelo basquete e onde crimes nojentos estão acontecendo.

Os crimes que usam fezes de humanos e de animais como a principal “arma do crime” chamaram a atenção da mídia e, é claro, de Sam e Peter.

Os dois investigadores de crimes esquisitos são chamados por uma aluna do colégio católico que pede ajuda para eles depois que o seu melhor amigo é visto como o principal suspeito pelos crimes. Para livrar a cara do amigo, Kevin McClain, Chloe Lyman revela uma descoberta que fez e que pode levar Sam e Peter a descobrir quem é o verdadeiro criminoso.

American Vandal Netflix 2ª Temporada

Em uma segunda temporada de oito episódios de meia hora de duração, American Vandal apresenta uma narrativa acelerada, com pontos de virada ao final de cada episódio. A série faz isso sem deixar com que a história fique desgastante.

O único sinal de cansaço no roteiro é percebido na metade do quarto episódio, quando vários nomes suspeitos são lançados de uma só vez na tela, dando a impressão de que tudo aquilo está sendo feito para despistar o espectador que for mais atento, sem que aquilo tenha de fato relevância. Mas acredite, é relevante. Nada em American Vandal é contado em vão, e isso contraria as expectativas de quem acha que a série é apenas mais um besteirol no catálogo da Netflix.

O protagonista desta temporada é Kevin McClain. Ele é um personagem tão excêntrico quanto o enredo da temporada. É o típico personagem que amamos e odiamos em cada virada de episódio.

Outro personagem de destaque é DeMarcus Tillman, o atleta de maior sucesso no time de basquete do colégio. A partir do ponto de vista desse personagem, uma boa parte da história é contada e desvendada. E assim como acontece com Kevin McClain, a relação de amor e ódio com o personagem superstar do basquete é quase certa.

Em alguns episódios, American Vandal usa a comédia para fazer críticas a alguns temas. Dentre elas, uma crítica à abordagem policial em crimes cometidos por adolescentes, ao modelo de ensino que privilegia esportes em detrimento do rendimento acadêmico dentro de sala de aula, ao pouco critério em avaliações de aprendizagem direcionadas a atletas, entre outras.

Ao final da temporada, também somos agraciados com uma consistente reflexão sobre o comportamento da Geração Millennial. E o melhor é perceber que a reflexão não é gratuita, pois se encaixa perfeitamente com tudo o que a segunda temporada apresenta ao longo de seus episódios.

É interessante também perceber o cuidado que o roteiro desta temporada de American Vandal tem para situar os acontecimentos e relacioná-los com eventos específicos do ano em que a história se passa. Por exemplo, um fato importante que atingiu os usuários do sistema IOS da Apple em novembro de 2017 é apenas um dos detalhes verídicos que fazem a trama avançar na busca pela identidade do criminoso.

Em resumo, podemos dizer que American Vandal é mais um falso documentário investigativo do que uma série que faz rir. A comédia fica em segundo plano e tudo o que realmente queremos saber é a identidade do criminoso. Então, que tal testar as suas habilidades de Sherlock Holmes e ajudar Peter e Sam a desvendar mais esse mistério na segunda temporada de American Vandal?

American Vandal – 2ª Temporada | Série Original Netflix

 

Sinopse: Peter Maldonado e Sam Ecklund visitam um colégio católico com a missão de descobrir quem está por trás dos crimes nojentos que estão acontecendo contra os estudantes.

Duração: 30 minutos por episódio

Classificação Etária: 16 anos

Gênero: Série Adolescente

Essa série contém: Mistério, Investigação, Adolescentes

Olá! Eu sou o Raigor. Sou escritor de livros infanto-juvenis desde 2014 e redator nas horas ocupadas. Autêntico canceriano e apaixonado pela escrita desde que aprendi a ler com quatro anos, escrevo sobre celebridades, séries e filmes aqui no Meio Ambiente Rio. Eu amo esse universo e se quiser entrar em contato comigo, escreva pararaigorbooks@gmail.com

Tags
Mostre mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close