ManchetesPolíticaVagner Liberato

Venezuela toma medidas para se proteger contra sanções dos EUA

As sanções anteriores impostas pelos EUA visaram indivíduos dentro do governo de Maduro, mas a nova ordem executiva de sexta-feira aumenta a pressão.

O ministro venezuelano dos Negócios Estrangeiros, Jorge Arreaza, disse na sexta-feira que seu país estava considerando medidas para se proteger contra as sanções econômicas dos Estados Unidos.

“Estamos estudando a ordem executiva (EUA). Acabou de ser emitida e estamos preparando a resposta para proteger nossa gente”, disse Arreaza, falando da sede das Nações Unidas em Nova York.

Anteriormente, na sexta-feira, Washington anunciou novas sanções que impedem os negócios em novos títulos de dívida emitidos pelo governo venezuelano e pela petrolífera pública Petroleos de Venezuela (PDVSA).

A Venezuela “tomará todas as medidas à sua disposição”, disse Arreaza.

A administração do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que Arreaza, busca desencadear “uma crise humanitária na Venezuela”, que já está se recuperando da inflação galopante e da escassez de bens básicos.

“O que eles querem? Eles querem matar os venezuelanos da fome?” ele perguntou.

A ONU não pode permanecer “com o braço cruzado”, acrescentou.

A administração Trump ativamente fez campanha para isolar o presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, e o Partido Socialista (PSUV).

As sanções anteriores impostas pelos EUA visaram indivíduos dentro do governo de Maduro, mas a nova ordem executiva de sexta-feira aumenta a pressão.

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close