Leidiana TorresMeio AmbienteSaúde e Bem estar

Torções repetidas de tornozelo causam desgaste acelerado da articulação

Segundo o médico, esses pacientes têm uma chance altíssima de continuar apresentando entorses ou até mesmo sofrer uma fratura se não forem devidamente investigados e tratados.

Avaliar postagem!

A direção, a velocidade e a força que age no ligamento ou nos pontos de fixação estão entre as características que influenciam no momento de um traumatismo que causa ruptura ligamentar no tornozelo de um atleta. As torções podem ser leves ou graves e, independentemente disso, necessitam de tratamento médico adequado antes do retorno às atividades.

O médico ortopedista e traumatologista de Chapecó (SC), Joaquim Reichmann, explica que os ligamentos laterais do tornozelo são as estruturas mais lesadas no corpo de um atleta. As causas variam de acordo com o esporte, no entanto, o basquete e o futebol são responsáveis pela maioria dos problemas desta natureza.

O raio-x pode mostrar a lesão somente quando o ligamento é rompido no osso. Quando ocorrem danos no ligamento, e não na sua isenção óssea, as radiografias habitualmente realizadas não permitem qualificar a gravidade do problema. Para evidenciar a lesão ligamentar ou outras como rupturas de tendões e fraturas osteocondrais, por exemplo, deve ser realizada uma ressonância magnética.

Reichmann alerta que depois do primeiro entorse, a chance de um segundo episódio é maior. A instabilidade e consequentes luxações de repetição podem levar ao desgaste acelerado da articulação com dor e limitação dos movimentos. É comum o paciente apresentar-se com uma torção da articulação do tornozelo, e quando questionado relata já ter sofrido inúmeros episódios semelhantes anteriormente.

Segundo o médico, esses pacientes têm uma chance altíssima de continuar apresentando entorses ou até mesmo sofrer uma fratura se não forem devidamente investigados e tratados. Casos muito graves de instabilidade articular, que não melhoram após um longo período de reabilitação (alguns pacientes necessitam até seis meses de fisioterapia para apresentar melhora dos sintomas), podem se beneficiar do tratamento cirúrgico, com sutura e reforço dos ligamentos rompidos.

Tags
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro.
Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável.
Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer!

Para falar comigo, entre em contato pelo email:
contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close