Meio AmbienteSaúde e Bem estar

Como as mídias sociais contribuem para a depressão

Uso excessivo das redes sociais pode ser indicativo de depressão. Pessoas com a doença podem buscar, nas redes, o convívio social que não conseguem obter no mundo real

As mídias sociais são uma realidade para bilhões de pessoas no mundo em seu dia a dia. No entanto, não é possível ignorar o lado negativo das mídias sociais e seu efeito sobre a saúde mental. Esses efeitos negativos também podem levar à depressão.

Mídias sociais contribuem para a depressão

No tempo de hoje, as pessoas estão se tornando viciadas em redes sociais. Todo mundo quer permanecer ativo nas mídias sociais o tempo todo. No entanto, as mídias sociais também têm um lado obscuro. Isso gera um sentimento de negatividade e tristeza nas pessoas. Isso aumenta os possíveis motivos que podem levar à depressão. Nas mídias sociais, as pessoas ficam conectadas com o mundo exterior, mas, no final, sentem-se solitárias na vida real.

Depressão é um estado depressivo de humor, caracterizado por aversão à atividade, que pode afetar os pensamentos, comportamentos, sentimentos e o bem-estar de uma pessoa. Wikipedia

A mídia social cria uma ilusão de felicidade que é extremamente “virtual”, mas seu efeito na saúde mental é extremamente negativo e perturbador. A depressão é uma grave condição de saúde mental e as mídias sociais desempenham um papel fundamental neste processo, agindo como o gatilho para isso. Leia também Como parar a procrastinação usando 6 passos simples

Isso faz com que você se sinta insatisfeito com a vida. A satisfação é a chave para a felicidade. Sentimentos sociais que estão longe de você. Isso mostra que sua vida é menos gratificante. Isso faz com que uma pessoa se sinta chateada e sozinha. Portanto, de certa forma, influencia o estado mental da pessoa, levando à depressão.

Sentimento de inveja

As mídias sociais tornam você mais propenso ao ciúme. Você está constantemente exposto à vida de outro e faz com que você sinta ciúmes. O ciúme é uma emoção extremamente desagradável. Ele abre o caminho para mais emoções negativas e pode causar tristeza.

Cyberbullying

O Cyberbullying é a realidade sombria do mundo das mídias sociais. Além disso, as mídias sociais proporcionam um espaço para que as pessoas se escondam atrás da máscara do anonimato. Como resultado, as pessoas costumam “trollar os outros” de forma negativa e fazê-los sentir-se pior em relação a si mesmos.

Imagens e notícias negativas

As mídias sociais estão se transformando em uma plataforma para imagens e notícias negativas. No entanto, algumas pessoas tomam essas peças de notícias e imagens pessoalmente e começam a relacioná-las com suas próprias vidas. Como resultado, desencadeia emoções negativas que se transformam em depressão.

Auto-imagem inadequada

Como uma pessoa percebe a si mesmo é a chave para a felicidade. No entanto, as mídias sociais auto-imagens constantemente inalcançáveis. Como resultado, a pessoa começa a pensar de maneira negativa que pode desencadear a depressão.

Tags
Ler matéria completa

Leidiana Torres

Bacharel em Enfermagem e sócia-fundadora da Folha Sustentável. Contato: leidianatdn@gmail.com

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker