Meio AmbienteSustentabilidadeÚltimas notíciasVagner Liberato

A torre mais alta de Budapeste segue os mais altos padrões de sustentabilidade

Duas empresas de engenharia projetaram uma torre para Budapeste que não só será a mais alta da cidade – mas também será um farol para a sustentabilidade. Projetado como a nova sede da empresa de petróleo e gás MOL Group, o edifício de uso misto denominado MOL Campus é envolto em vidraças para maximizar a luz natural, as vistas e a conexão com o exterior e o tecido urbano. O MOL Campus será alimentado por fontes de energia de baixa e zero carbono, como a energia fotovoltaica, e economiza custos de energia com tecnologia de ponta que controla os níveis de luz e as temperaturas.

A torre mais alta de Budapeste

Localizado no sul de Budapeste, o MOL Campus está previsto para ser o edifício mais alto da cidade e contará com uma torre de 28 andares com um pódio integrado. Além dos escritórios, o campus incluirá um restaurante, ginásio, centro de conferências, jardim público para o céu e outras instalações. O vidro reúne o volume unificado e curvo para proporcionar luz do dia. Os arquitetos vêem os espaços verdes como um “catalisador social” que incentiva a colaboração, relaxamento e inspiração no local de trabalho.

“Como vemos a natureza do local de trabalho mudando para uma visão mais colaborativa, combinamos dois edifícios – uma torre e um pódio – em uma forma singular, vinculada pela natureza”, disse Nigel Dancey, chefe de estúdio, Foster + Partners. “À medida que a torre e o pódio começam a se tornar um elemento, há uma sensação de conectividade em todos os espaços do escritório, com espaços para o jardim ligando cada um dos pisos juntos”. A localização do edifício em um ambiente urbano denso permite aos funcionários caminhar ou andar de bicicleta. Além do uso de tecnologia fotovoltaica e de economia de energia, o MOL Campus também contará com instalações de colheita e armazenamento de águas pluviais.

Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

1 thought on “A torre mais alta de Budapeste segue os mais altos padrões de sustentabilidade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close