30 de janeiro: O Dia da Saudade
30 de janeiro: O Dia da Saudade

A palavra saudade tem origem latina, utilizada para definir o sentimento de falta e se manifesta em algum momento da vida, pois se relaciona com memórias relevantes e sociais que foram vivenciadas, além de um profundo anseio de promover a conexão entre o passado e o presente. Em algum momento, todos irão experimentar essa sensação. Mas é importante ressaltar que é possível administrar o saudosismo e transformá-lo em um evento positivo e sadio para o futuro. Nesse processo, cada pessoa busca enxergar a vida e usar das lembranças como uma fonte de equilíbrio e paz.

A coordenadora e psicóloga do curso de Psicologia da Faculdade Anhanguera, Berta Sheila Ribeiro, destaca que a palavra saudade está vinculada a sentimentos como tristeza, nostalgia ou até melancolia por experiências vividas e que não poderão ser reproduzidas. “É um sentimento que não possui valor negativo, pois remete a situações em que afetos estavam presentes, por exemplo, uma época da vida ou a presença de uma pessoa querida. Às vezes, o gatilho se dá por uma música, cheiro ou fotos, porque ao ativar a memória as emoções são acionadas e esse sentimento se manifesta”.


Os motivos para a saudade se apresentar não são específicos. A especialista esclarece que muitas vezes depende de como a pessoa está gerenciando a própria vida no momento. “As emoções são manifestações do nosso estado interno, respostas ao ambiente ou contexto em que nos encontramos e por isso têm nuances diferentes. Pessoas que se encontram em processo de autorrealização têm profundo carinho com suas lembranças e constroem outras no presente, vivendo o tempo-espaço de forma a sentirem-se plenas”.

A psicóloga alerta que o saudosismo é um estado perigoso para aqueles que ficam paralisados nessa emoção. “O tempo é movente, flui, leva a novas experiências, pede atualização de pensamentos e emoções. A pessoa saudosista foca somente no passado, com a crença de que apenas aquele momento era ‘bom’. Isso gera um sentimento de perda ou de vazio intenso e humor melancólico disfuncional, pois vem acompanhado de isolamento, o que pode levar algumas pessoas a ter até pensamentos suicidas”.

Gostou dessas dicas? Se sim, compartilhe com seus familiares e amigos, e também em suas redes sociais. Receba conteúdo gratuito, diariamente, e siga-nos no Google News.