4 dicas de gestão para quem tem creche para cachorro

Não existe dúvida alguma de que nos dias de hoje nos tratamentos os animais de estimação com mais carinho e cuidado do que nunca. Hoje, os nossos animais já deixaram de ser simplesmente bichos de estimação para serem membros da família, do qual nós acolhemos quando nasce, criamos enquanto cresce, apaixonamos como adultos e temos todo o cuidado do mundo quando já é um animal velhinho.

Para se ter uma ideia do carinhos dos Brasileiros pelos cães, hoje existem mais de 48 mil cachorros em lares do nosso país.

Por conta desse amor e carinho todo, todos os dias nascem nove maneiras de cuidarmos dos nossos bichos da forma mais saudável possível, para garantir que a todo momento eles tenham o que é necessário para uma vida mais confortada.

Se antigamente as pessoas não tinham problema em ir viajar e deixar o animal em casa sozinho, às vezes até por dias, hoje eles acabam deixando seus animais nas famosas creches para cachorro. 

Muitas pessoas inclusive enxergam com ótimos olhos a ideia de abrir uma creche para cachorro, exatamente por saber quão forte esse mercado é o número de pessoas que podem tirar proveito desse tipo de negócio, afinal, a maioria das pessoas acaba ocupada pelo dia a dia, e nem por isso querem deixar de ter um bichinho.

E se você é dessas pessoas que quer aproveitar essa demanda e mercado e ter a sua própria creche, hoje vamos te ajudar a gerir o seu negócio e dar as melhores dicas para poder ter o seu lugar da melhor maneira possível.

O marketing é chave

Se você quer mesmo que a sua creche seja frequentada antes as pessoas devem saber que ela existe e a melhor forma de poder espalhar a palavra da sua creche é através de um bom marketing. Acontece que você não tem só que contar para o mundo que o seu negócio existe, mas você precisa também deixar claro o porquê eles devem deixar o cachorro com você.

Temos que lembrar novamente que hoje os animais são praticamente filhos de seus donos, e por isso você deve inspirar confiança nos donos. Com isso, o seu marketing deve ter um conteúdo que:

  • Demonstre que você tem afeto por animais
  • Mostre que você tem estrutura para recebê-los
  • Mostre que você tem a capacidade de cuidar de um cachorro

Afinal, os donos dos cachorros precisam sentir que eles doem viajar em paz sem ficar pensando no bem-estar do bichinho

Analise bem onde o negócio será aberto

Você vai abrir seu negócio, e primeira coisa é escolher onde esse negócio será alfabeto, mas começa a parte onde você precisa ver se o lugar vai dar para você tudo o que você precisa, e em partes isso é ciente.

Será que a área que você vai pegar vai conseguir fornecer clientes para você? será que esse lugar tem estrutura para receber os animais? Quanto você vai ter que investir para poder ter o lugar em condições ideais de trabalho?

Vão existir situações em que o lugar X é até maior, mas vai precisar de muitas reformas e vai te custar mais, enquanto que o lugar Y é menor, mas ele já tem uma estrutura menor e requer menos investimento.

E aí basta você colocar tudo na balança e ver o que funciona mais para você.

Seja acima de tudo, capacitado

Você vai estar sob o cuidado de vidas, e muitas vezes vidas frágeis, vidas que importam demais para outras pessoas, então você precisa ser capacitado para fazer isso.

Existem diversos tipos de cursos pela internet que podem te ajudar a cuidar melhor do cachorro, sem negligenciar certas coisas importantes. Entender que cada cachorro possui sua própria personalidade, sua forma de agir e de se comportar.

Ser paciente com o jeito de cada um deles, entender que cada um deles vai precisar de cuidados específicos para que não haja estresse e nem que ansiosos é o mínimo que se espera de um bom profissional, sempre se atualizando com as novas maneiras de se cuidar dos seus hóspedes caninos.

Tenha uma boa estrutura

Você vai querer receber quantos cachorros ao mesmo tempo? Você vai providenciar alimento e outros produtos para eles na estadia? Tudo isso deve ser levado em consideração na hora de refletir sobre qual a estrutura necessária.

Você pode ter ainda coisas que vão te diferenciar de outras creches, como, por exemplo, servir produtos que os outros lugares não servem como, por exemplo, dar banho nos cachorros durante a estadia, ou então servir produtos exclusivos como o Longevi, produto da Petriv e coisas do tipo.

Coisas que vão fazer com que seus clientes sintam que seus animais estão em um ambiente que realmente se importa com eles, e não vai medir esforços para que eles estejam o mais confortáveis possível, sem aperto e sem estar em um lugar que não tem estrutura para que eles se mantenham seguros.