Crédito: iStock

O mundo está em constante evolução tecnológica, e muitas dessas tecnologias que ainda estão em desenvolvimento prometem mudar a forma como o mercado de consumo funciona. Todo corretor sabe que é preciso estar sempre atento a essas novas tecnologias, pois muitas delas podem ser aplicadas para gerar melhores resultados e experiências aos clientes, que fazem toda a diferença na hora de fechar um negócio. Pensando nisso, separamos 4 tecnologias do futuro que prometem revolucionar o mercado imobiliário.

Realidade virtual e realidade aumentada

A realidade virtual e a realidade aumentada são conceitos tecnológicos que prometem trazer uma série de inovações para a sociedade, e uma delas é a forma como lidamos com o consumo. A realidade virtual é uma tecnologia que, com o auxílio de óculos VR, nos transporta para mundos totalmente virtuais. No mercado imobiliário, essa tecnologia permitirá que os clientes possam fazer visitas a imóveis de forma totalmente remota, conhecendo o ambiente e visualizando como ele ficará finalizado. 

Já a realidade aumentada insere elementos virtuais em ambientes reais, possibilitando, por exemplo, uma visita ao imóvel, onde o comprador poderá usar o celular para visualizar o ambiente decorado da forma que o cliente desejar.

Blockchain

O blockchain é um sistema independente, onde quaisquer transações e dados são registrados, tendo a função de criar um grande índice global de informações, que pode ser usado em diversos mercados. Todos os dados inseridos nesse enorme índice podem ser verificados desde sua criação, fazendo o sistema extremamente seguro.

No mercado imobiliário, o blockchain poderá acelerar uma série de procedimentos, como a forma que assinamos contratos de vendas e locação, isso porque será possível assinar e reconhecer firma sem sair de casa. 

IoT (Internet das Coisas)

Um termo que vem ganhando popularidade nos últimos anos, principalmente com a recente chegada do 5G ao Brasil, é o IoT (Internet of Things, ou Internet das Coisas). Trata-se de um conceito em que todas as coisas terão conectividade entre si, criando ambientes mais inteligentes e dinâmicos. A IoT terá aplicações em diversos setores da sociedade e economia, e o setor imobiliário é um que pode se beneficiar com essas novas tecnologias.

Com a IoT, é possível criar uma rede doméstica, onde sensores, alarmes, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, câmeras de segurança, iluminação, entre outros equipamentos, estarão todos conectados entre si, criando as chamadas casas inteligentes. Todos esses dispositivos podem ser controlados por um smartphone, criando imóveis muito mais eficientes e seguros.

Inteligência artificial

A inteligência artificial, também conhecida como IA, é um tipo de tecnologia que tem a função de realizar tarefas semelhantes às humanas. A IA já existe há algum tempo, porém ela está em constante evolução, e já é capaz de aprender através da coleta de informações.

Com esse aprendizado, a inteligência artificial tem um potencial enorme no mercado imobiliário, pois, com ela, será possível entender qual o melhor tipo de anúncio para cada cliente. A IA é capaz de coletar informações de redes sociais e portais de imóveis e traçar um perfil dos clientes, para oferecer opções específicas, como, por exemplo, um apartamento para alugar no Tatuapé ou em outras regiões, dependendo do perfil de cada consumidor.

Todas essas tecnologias serão grandes aliadas dos corretores de imóveis, e vão mudar a forma como o mercado imobiliário funciona, deixando os processos muito mais ágeis e simples.