Meio AmbienteSustentabilidade

Cabo Frio vai proibir plástico nas praias

Cabo Frio vai proibir canudos e copos plásticos nas praias da cidade. O anúncio foi feito pelo prefeito da cidade, Adriano Moreno, durante a cerimônia de hasteamento da Bandeira Azul (certificado internacional de qualidade) na Praia do Peró. Emocionado, ele hasteou a Bandeira com a coordenadora nacional do programa Bandeira Azul, Leana Bernardi. Com a certificação, a Praia do Peró, no seu trecho urbano, passa a integrar a lista de nove praias brasileiras com o selo internacional.

A Bandeira Azul foi hasteada depois de uma luta de cinco anos da comunidade local e durante três governos municipais, que apoiaram a iniciativa lançada pelos Amigos do Peró. A qualidade da água (que passou por análises mensais durante dois anos) foi o requisito fundamental para a conquista da certificação, aprovada pelos júris (nacional e internacional) do programa. A praia, contudo, pode perder o selo se não cumprir os critérios rígidos, sobretudo em relação ao ordenamento e limpeza, que também depende da conscientização dos banhistas:

Programa Bandeira Azul Praia do Peró / Foto: Rodrigo Bittencourt
Programa Bandeira Azul Praia do Peró / Foto: Rodrigo Bittencourt

– A Bandeira Azul é uma conquista da sociedade civil. Estão de parabéns aqueles que acreditaram na conquista do selo internacional, que vai valorizar a vocação turística de Cabo Frio. Estamos enviando mensagem à Câmara Municipal para proibir canudos e copos plásticos nas praias. E vamos iniciar o processo para levar a Bandeira Azul também para a Praia do Forte – disse Adriano Moreno, que não conteve as lágrimas ao hastear a Bandeira Azul.

LEIA TAMBÉM:  Níveis mais elevados de dióxido de carbono colocam milhões de pessoas em risco de deficiências nutricionais

Coordenadora Nacional do programa, Leana Bernadi disse que a Bandeira Azul foi uma conquista originada de um grande esforço da comunidade e que o poder público abraçou. Ela alertou, contudo, que o trabalho apenas começou:

— Tem que manter as ações. O trabalho é focar muito na educação ambiental para que a bandeira permaneça. A intenção é uma mudança de comportamento das pessoas na praia. Para que ninguém deixe seu lixo, para que todos se comportem de forma adequada, respeite o próximo. É um trabalho que não termina nunca. Por isso a bandeira se renova anualmente para acompanhar o trabalho dos municípios e da comunidade – explicou Leana Bernardi, lembrando que em maio de 2019 a Praia do Peró passa por nova avaliação.

LEIA TAMBÉM:  Meio Ambiente de Cabo Frio na luta pela Bandeira Azul

Rio ganha sua segunda praia Bandeira Azul

Audiência discute obras de saneamento na Região dos Lagos

Dentista ganha o brasileiro de fotografias subaquáticas

A cerimônia de hasteamento da Bandeira Azul, ao som do Hino de Cabo Frio, reuniu centenas de pessoas na orla do Peró. Além da comunidade e autoridades, participaram integrantes dos Moto clubes Tubarões e Diveneta e dezenas de ciclistas do Bike Night Cabo Frio. Ciclistas e muitas famílias comemoraram a proibição de carros na orla.

Programa Bandeira Azul / Foto: Rodrigo Bittencourt
Programa Bandeira Azul / Foto: Rodrigo Bittencourt

O secretário de Ordem Pública de Cabo Frio coronel Fábio Carvalho, garantiu que a partir do próximo sábado vai intensificar a presença de guardas municipais no Peró. A falta dos agentes, para coibir infrações na praia e no trânsito, é a principal reclamação de moradores e turistas na alta temporada:

— Estamos recebendo novos guardas concursados. As rondas no Peró deixarão de ser eventuais para serem permanentes, a princípio com a Guarda Marítima e Ambiental. Com o reforço do efetivo, planejamos ocupar definitivamente a Base Operacional da Praça do Moinho e instituir a vigilância noturna no Peró – prometeu o coronel Carvalho.

Mostre mais
Close