Muitas pessoas se formam todos os anos no curso de Direito, e embora o mercado tenha uma oferta muito grande de advogados, a parcela bem sucedida nesse meio não é tão grande.

Na verdade, os advogados bem sucedidos possuem uma coisa em comum: sabem fazer negócio.

Mas isso por si só não é tudo, afinal qualquer empreendedor no Brasil, e no mundo inteiro, precisa ter uma boa gama de habilidades.

Poderíamos chamar inclusive de soft skills, já que nenhuma delas é um dom, e podem ser desenvolvidas por qualquer pessoa desde que empreguem um bom esforço.

Com isso em vista, e querendo ajudar os meus companheiros de faculdade, resolvi escrever este texto com 5 dicas para advogados iniciantes. Vamos à primeira dica:

1- Se for possível, abra um escritório (mesmo que seja em coworking)

Abrir um escritório é importante para você ter seus próprios clientes e processos.

Sabemos que um escritório entrega frutos a longo prazo, pois até pegar os primeiros serviços e conseguir o tal do “trânsito em julgado” é uma tarefa árdua e muitas vezes demorada. Porém, mesmo assim, você precisa começar e dar esse pontapé inicial.

Quanto antes, melhor, pois trabalhar para outros escritórios pode parecer um bom negócio de início, mas isso pode acabar te engessando no sistema.

Para quem não possui condições de abrir seu escritório de início, existem os coworking’s. Na verdade, acredito que eles virem tendência até mesmo para quem possui capital inicial.

Dentre algumas vantagens, os dois principais motivos para você utilizar estes espaços são: preço e networking.

Nestes lugares você estará em contato com profissionais de vários ramos, e consequentemente pode surgir parcerias e até clientes.

Os coworkings possuem salas de reunião e estrutura de primeira, e isso pode ser muito interessante até para passar profissionalismo aos seus clientes.

2- Tenha um site

Ter um site é uma dica que sempre dou em qualquer texto sobre qualquer empreendimento. Estar presente na internet é vital para os negócios, e é por isso que você, advogado, deve ter um site também.

Outra forma de aproveitar o seu site é escrever artigos no seu blog.

Escrever não ajuda só a você desenvolver seu raciocínio e conhecimento, mas também demonstra que entende de determinado assunto, e isso faz com que a pessoas, e mecanismos de pesquisa considerem você uma autoridade no seu nicho. 

Essa autoridade é importante para te posicionar no mercado digital e consequentemente alcançar mais possíveis clientes qualificados.

3- Utilize o que a tecnologia tem a oferecer

Sabe aqueles sites que oferecem produtos como modelo de petição, e até que auxiliam a pesquisa em determinada lei, otimizando o seu tempo? Pois é. Muitos advogados hoje em dia tem receio de utilizar a tecnologia.

Acham que é difícil ou perigoso, mas posso garantir que buscando ajuda da ferramenta ou site certo, pode otimizar o seu trabalho e fazer com que desfrute de um dia-a-dia mais leve e tranquilo.

Outra forma de utilizar a tecnologia é utilizar programas para a sua organização. Monday é um exemplo.

Outro que pode ser útil é a própria agenda do gmail. Isso parece algo simples, mas pode te ajudar muito no dia-a-dia.

Uma outra forma que a tecnologia pode te ajudar é utilizar plataformas como a google meet para realizar reuniões à distância.

Claro que sempre que possível você deve encontrar cara a cara com seu cliente, mas caso isso não seja possível, não deixe de atendê-lo, utilize as plataformas para fazer chamada de vídeo à distancia.

4- Faça marketing digital

Marketing é a alma do negócio, e o digital é o novo normal. Já falamos em você ter um escritório, site e agora é necessário pensar em divulgar o seu serviço na internet. 

Otimização de SEO e link building são técnicas que você precisa considerar a fazer com uma empresa especializada. Encare os gastos iniciais com isso como um investimento que trará muito retorno.

Outra forma de conseguir clientes é o tráfego pago. Faça propagandas em facebook, google e instagram.

Dependendo da sua área, é bom considerar promover uma palestra no youtube.  Tudo isso pode ser realizado por você mesmo ou por uma agência especializada. 

right ge548e2678 640

5- Tenha confiança no seu trabalho

Pode parecer uma dica simples, mas não é. Ter confiança no seu trabalho não é apenas saber que você sabe trabalhar direito, mas demonstrar isso para seus clientes, sócios e colegas.

Você precisa defender e valorizar todo seu esforço. Muito se vê o advogado cobrando valores pequenos em consultoria e até honorários. Isto não é uma prática saudável.

Saiba que se o seu trabalho for bom, e se seguir as nossas dicas de hoje, você terá clientes, e eles irão valorizar o seu trabalho pagando o preço justo.

Obviamente muitas pessoas tentam negociar valores de serviços, mas muitas vezes você terá que ser firme por uma questão de ética e justiça.

Conclusão

Você pode perceber que mesmo estando no início de carreira, é preciso plantar a semente de um futuro brilhante. Começar com um escritório, nem que seja em coworking, é muito importante.

Ele será a semente que virará uma árvore e proverá muitos frutos para sua vida.

Não deixe de pensar em empreender no seu próprio negócio, pois muitas oportunidades você só poderá começar a usufruir com o seu próprio escritório.

Abuse da tecnologia e do marketing digital para conseguir clientes e aumentar a qualidade do seu serviço.

Valorize o seu tempo e dedicação, cobrando sempre o preço justo. Se você seguir tudo isso, com toda certeza o sucesso será pleno.

Dito isto, agora é com você!

Comente abaixo se gostou de nossas dicas, e compartilhe com seus amigos. Logo publicamos novas dicas.