email com domínio próprio
email com domínio próprio / foto: pexels

Os dados não mentem: o comércio eletrônico está em alta e o período de pandemia provou isso, pois as pessoas, cada vez mais, estão notando que comprar e vender pela internet é uma saída lucrativa e inteligente.

As vantagens do e-commerce são evidentes. E praticidade é uma delas. Hoje é possível comprar o seu produto sem se levantar do sofá, efetuando apenas alguns cliques no mouse ou um arrastar de dedos no smartphone. 

Por essas e outras que para muitos empreendedores e para o Marketing Digital, as vendas na internet deixam de ser uma simples opção e se tornam em uma importante solução.

Porém, nem tudo são flores quando o assunto é e-commerce. Apesar dos benefícios, ele também apresenta desafios e por conta disso, vale conhecer algumas dicas para ver sempre as suas vendas em alta. 

Quer ficar ainda mais por dentro do assunto? Confira agora o nosso artigo.

Dicas para não perder mais nenhuma venda na internet

Em plena era da internet e das redes sociais, o e-commerce não pode ser deixado de lado. Até mesmo quem gerencia uma loja física pode também investir “no lado digital da força”, oferecendo um caminho a mais para os seus clientes.

Um e-commerce também é uma alternativa para quem quer vender infoprodutos, como e-books, por exemplo, ou outros produtos específicos para um público bem segmentado, tais como camisetas personalizadas e outros itens.

No entanto, ainda que a venda na internet tenha várias vantagens, nada impede que períodos de turbulência possam prejudicar o desempenho delas. Para evitar isso, conheça algumas dicas salvadoras. 

1 – Tenha um e-mail com domínio próprio

Os consumidores gostam de efetuar compras na internet, mas eles gostam mais ainda quando a loja virtual é de confiança. Você também é um cliente e tenho certeza que não encheria o carrinho de compras em um e-commerce que não oferece confiança.

Por isso, ter um e-mail com domínio próprio já é um caminho para demonstrar profissionalismo e comprovar que o seu comércio eletrônico tem compromisso com a qualidade.

De uma forma geral, para criar um email com domínio próprio é necessário possuir um nome de domínio registrado e contratar um bom serviço de hospedagem de e-mail. 

Além do mais, vale salientar que a hospedagem é como um serviço de aluguel em um servidor. Sendo assim, por meio do serviço de hospedagem, você tem condições de acessar um espaço para o armazenamento e o gerenciamento de informações do seu domínio em um ambiente virtual específico.

Se ainda você tem dúvidas sobre a importância de um e-mail profissional para as suas vendas na internet, não custa saber que eles proporcionam:

  • Uma boa experiência de usuário
  • Personalização
  • Credibilidade
  • Destaque entre os concorrentes

2 – Invista em uma boa plataforma de vendas

Quem tem uma loja física necessita de um espaço para montar o seu estabelecimento e mostrar os seus produtos. No caso de uma loja online a situação não é tão diferente. É preciso ter um espaço virtual.

Se em uma loja física o ambiente deve ser acolhedor e organizado para atrair a clientela, o mesmo vale para o e-commerce. É aí que entra a utilização de uma plataforma adequada, uma ferramenta que permita a personalização, a exposição dos produtos e a aquisição segura deles.

Hoje em dia, quando o assunto é plataforma para loja virtual, os gestores contam com opções de qualidade. Sendo assim, conheça algumas opções. 

WooCommerce

O WordPress já é famoso por ser um dos sistemas de gerenciamento de sites e blogs repleto de funcionalidades e benefícios. Diante da vasta opção de plugins e templates disponíveis, o WordPress está no top 10 de programadores, tanto dos novatos quanto dos mais experientes.

No caso do comércio online, o WordPress não faz feio, pois o CMS também pode ser usado como uma plataforma de e-commerce. Inclusive, ele ainda apresenta um plugin próprio para isso, o WooCommerce.

Com esse plugin turbinando a sua loja online, você garante alguns recursos que proporcionam uma excelente experiência de usuário e, consequentemente, auxiliam a manter as vendas em alta. Alguns dos benefícios oferecidos são:

  • Facilidade para gerenciar o carrinho de compras
  • Soluções viáveis de pagamento
  • Filtros de buscas internas
  • Ferramentas que permitem o gerenciamento ágil do estoque
  • Ordenação de preços
  • Personalização rápida e intuitiva 

Shopify

O Shopify é uma plataforma que permite a qualquer pessoa configurar e gerenciar uma loja virtual, tendo condições de vender tanto produtos físicos quanto infoprodutos, inclusive efetuar vendas por dropshipping. 

Essa plataforma disponibiliza alguns recursos interessantes, tais como:

  • Fácil personalização
  • Múltiplos canais de venda
  • Escalabilidade para o seu e-commerce
  • Temas variados e design responsivo, viabilizando vendas por meio de dispositivos móveis
  • Envio de faturas
  • Integração com redes sociais
  • Monitoramento de vendas e comportamento dos consumidores.

Magento

Outra plataforma que confere um bom desempenho para a sua loja online, garantindo bons índices de venda. 

O Magento é uma ferramenta open source, ou seja, de código aberto. Isso quer dizer que qualquer usuário com alguns bons conhecimentos de programação, tem condições de realizar alterações e até mesmo estabelecer novas funcionalidades para o sistema.

Desse modo, há várias possibilidades para realizar a personalização da sua loja, o que contribui muito para não perder vendas.

O Magento também é equipado com plugins interessantes, possibilitando trazer várias melhorias para o e-commerce, como gerenciar o carrinho e os métodos de pagamento.

3 – Invista em segurança digital

O que muitas vezes impede o cliente de clicar na opção “comprar” é a sensação de insegurança. Um e-commerce que não mostre para o usuário que é um local seguro com certeza vai amargar baixas vendas.

Em se tratando de segurança, o famoso certificado SSL é fundamental, pois é uma ferramenta que protege as transações financeiras no e-commerce por meio de criptografia. 

Na prática, com ele, o usuário pode digitar sem medo de expor informações importantes, como número do cartão, CPF e outros dados.

Uma dica para ter um certificado SSL é investir em um bom serviço de hospedagem de site. Hoje em dia, as melhores empresas de hospedagem trazem esse recurso entre os seus planos básicos e mais avançados.

4 – Ofereça multicanais ao cliente

A abordagem omnichannel é um dos alicerces das atuais estratégias de Marketing Digital. Em poucas palavras, omnichannel significa adotar vários canais para vender e interagir com o seu cliente. E isso inclui também canais offline.

Não se surpreenda se um dia você sentir a necessidade de usar as redes sociais, criar um blog, utilizar um chat ou um e-mail para o atendimento ao cliente. Esses – e outros caminhos – facilitam ao máximo o acesso do cliente ao seu e-commerce.

5 – Participe de um marketplace

Imagine um shopping center, porém em um ambiente virtual onde várias lojas online dividem espaço. Essa é a lógica do Marketplace.

Ao fazer parte de um Marketplace você tem a possibilidade de tornar a marca do seu e-commerce mais conhecida, pois vai apresentar os seus produtos em um canal com uma audiência já consolidada.

Também não dá para descartar a ampla diversidade de público. Pense na quantidade de pessoas “passeando” pelo Marketplace e se deparando com a sua loja. Isso tudo fortalece as vendas.

Conclusão 

Não é impossível obter uma quantidade satisfatória de vendas na internet. Contar com um e-mail com domínio próprio, uma boa hospedagem de site e boas estratégias de Marketing Digital permitem que o seu negócio permaneça “na crista da onda”. 

Se levarmos em conta os dados que mostram o quanto o e-commerce cresceu nos anos recentes, percebemos que o público – pelo menos a maioria – já não torce o nariz para as compras online.

Portanto, para atrair mais clientes e não perder mais nenhuma venda na internet, siga essas dicas e veja o seu negócio levantar vôos mais altos.