Existem mecanismos que tornam a tomada de decisão das pessoas mais fácil. Basicamente, são atalhos capazes de influenciar, diretamente, os consumidores. Sendo como uma espécie de cone de sinalização, para os usuários. Isso é conhecido como gatilho mental e pode ser muito utilizado nas estratégias de marketing. 

O Marketing Digital se utiliza de muitas estratégias para gerar Leads e obter e fidelizar clientes. Das mais simples às mais complexas, a eficiência delas gira em torno de algo em comum: dar às pessoas o que elas querem ou precisam na hora e lugar certos. 

Se você já comprou um produto por impulso e depois buscou motivos para defender a sua ação, saiba que um ou mais gatilhos mentais podem ter sido ativados. A seguir, 5 dicas para o uso de gatilhos mentais:

Dica 1 – Prazer x dor

As câmaras de refrigeração, são utilizadas para preservar alimentos ou qualquer coisa que precise ficar em um ambiente resfriado. Trazendo para o gatilho em questão, seria como mostrar a importância deles para os frigoríficos, por exemplo. 

No marketing, as empresas costumam usar esse gatilho para mostrar a transformação que a compra pode trazer para a vida das pessoas. Para isso, é preciso conhecer as dores da sua persona, o que traz satisfação para ela e como o seu produto pode levar de um ponto a outro. Ou seja, precisa mostrar o que o seu produto pode ajudar a resolver a “dor” ou problema do usuário. 

Dica 2 –  Escassez

Todo mundo valoriza aquilo que é escasso, o que está acabando. É aquele pensamento de que, “quanto mais difícil for conseguir uma coisa, mais eu quero”. Não é à toa que o diamante vale tanto, ele é escasso e, por isso, muito valioso.

Dica 3 – Prova Social

Nesse caso você pode mostrar aos seus seguidores que as pessoas estão usando o seu produto, através de depoimentos e avaliações de clientes, ou até mesmo vídeos e imagens com recomendações. Isso se chama prova social, onde o cliente é convencido que o seu produto realmente é bom, através da prova de sua audiência.

Imagine que sua empresa trabalhe com o aluguel de máquina de solda, por exemplo, mostrar para o mercado o que seus clientes acham do seu negócio é muito importante, já que isso gera curiosidade em futuros clientes e mais segurança, pois outras pessoas recomendam. 

Dica 4 – Urgência

O gatilho da Urgência está ligado diretamente com a questão do tempo, ou seja, trata-se de um prazo curto onde um produto ou serviço específico está disponível através de uma condição especial.

Como uma válvula de segurança, cujo objetivo principal é a proteção da vida, propriedade e meio ambiente, trazer à tona o senso de urgência, faz com que o indivíduo ative o gatilho da necessidade extrema naquele momento.

Assim, quanto mais urgente for a necessidade do usuário, maiores serão as chances de compra do produto ou serviço, já que ele resolverá as “dores” do usuário. 

Dica 5 – Compromisso e coerência

Garantias do tipo: “resultado atingido ou seu dinheiro de volta” sempre passam confiança.

Afinal, que tipo de empresa ou marca colocaria sua mão no fogo por um produto que não acreditasse?  Quando uma garantia como essa é disponibilizada, entendemos minimamente que o resultado é fácil de ser obtido.

Foco no cliente

No universo comercial, os gatilhos mentais são de extrema importância para fechar vários tipos de contrato com clientes, sendo essa a forma de faturamento com maior compromisso tanto para a empresa quanto para o cliente. Como uma tela fachadeira, cujo objetivo é gerar proteção, antes de pôr em prática tais gatilhos, lembre-se de:

  • agregar valor ao cliente;
  • criar senso de urgência e/ou escassez;
  • mostre a oportunidade como especial;
  • use recomendações de outros clientes;
  • mostre conhecimento e confiança.

O que achou do texto de hoje? Curtiu nossas 5 dicas para o uso de gatilhos mensais? Conhecia alguma dessas dicas? Se gostou, não se esqueça de enviar para os seus amigos e compartilhar em suas redes sociais, até a próxima!

Este artigo foi produzido pela equipe do Soluções Industriais