Um ambiente de trabalho onde se estimula o relacionamento interpessoal e desenvolve a segurança no dia a dia do negócio, é resultado de uma cultura de comunicação. Além disso, com uma boa comunicação, abre-se espaço para uma participação mais eficaz dos colaboradores, trazendo muitos benefícios ao empreendimento.

Para convencer um cliente difícil sobre como aquela marca de Catalisador para tinta é ideal para o seu trabalho de pintura automotiva, o vendedor precisa de argumentos fortes e uma forma de comunicação eficiente.

Esse é apenas um exemplo, já que a comunicação efetiva é habilidade importante para vários profissionais, como gestores, advogados, contabilistas, profissionais de atendimento e outros, pois traz benefícios e auxilia em diversos processos, como:

  • Gera engajamento;
  • Facilita a tomada de decisão;
  • Ajuda a contornar conflitos e objeções;
  • Auxilia a delegar atividades com mais simplicidade e rapidez.
  • Aumenta a produtividade;
  • Transforma cenários de crise pela busca de soluções;

Se você quer melhorar a sua competência em comunicação, venha conosco e confira as 6 dicas que preparamos. Boa leitura.

  1. Domine os conhecimentos sobre o produto ou serviço que atua

Imagine que lida com um tipo de produto com especificidades técnicas em termos de segurança e higiene, como um Eletroimã, equipamento magnético aplicado, por exemplo, em robôs automatizados de alimentadores de blanks.

Se o cliente pergunta sobre esse detalhes técnicos e você não traz informações consistentes, logo o consumidor terá menos segurança de fechar a compra. Portanto, é primordial dominar os conhecimentos sobre os produtos e serviços para ter uma comunicação que atende as necessidades do seu cliente.

  1. Use métodos de linguagem corporal

Mesmo não sendo palavas expressamente ditas, a linguagem corporal tende a demonstrar o que uma pessoa está pensando/sentindo durante um diálogo.

O corpo também fala, por isso, é importante utilizar técnicas de linguagem corporal para ter uma comunicação mais eficiente.

Cuidados com a postura, que deve estar correta, ou seja, não curvada ou inclinada; uso de tom de voz adequado, nem muito alto, nem baixo demais; contato visual com o interlocutor; aperto de mão forte, mas sem apertar, são alguns dos métodos de linguagem corporal.

  1. Utilize exemplos na hora de argumentar

Quando for apontar ao um colaborador sobre falhas em algum processo relevante, como o controle de qualidade de matérias-primas da produção de um  Disco Diamantado, por exemplo, use exemplos que expõe como aquele procedimento pode ser realizado de uma maneira mais precisa.

Expor falhas sem demonstrar exemplos de solução, pode gerar atrito e isso prejudica a comunicação. O colaborador precisa se sentir ajudado, mais importante que mostrar o erro, é mostrar a solução para que do feedback possa resultar em melhoras de processo.  

  1. Seja claro

A comunicação efetiva é objetiva e clara, ou seja, vai direto ao mais importante, o essencial que precisa ser transmitido. Quanto mais objetividade na fala, melhor e mais rápida será a compreensão, o que é muito benéfico para a gestão de equipes. Ainda assim, passe as informações de forma concisa e segura, pautando-se na sinceridade e franqueza em relação aos pontos negativos.

Use suas habilidades de persuasão e convencimento sobre o que quer transmitir, principalmente em vendas e fechamento de negócios, isso fará uma grande diferença.  

  1. Pense antes de falar

Pensar antes de falar é um ditado popular que vale para quem deseja melhorar a comunicação, já que a escolha errada de palavras e expressões podem resultar mal entendidos.

Planejar o que vai ser falado é especialmente importante quando o que será dito é algo complicado, que pode magoar uma pessoa, como expor um problema ou criticar. Então quanto melhor escolher as palavras que irá usar, menor pode ser o impacto causado no ouvinte. 

  1. Conheça o perfil das pessoas de contato

Conhecer bem os interlocutores é uma forma praticar uma comunicação eficiente, pois as informações ajudam a adequar o tom de voz, a linguagem corporal, a ter clareza no que vai falar, entre outros tópicos, que citamos no decorrer do texto.

É preciso saber o perfil do colaborador a qual você irá se dirigir e adaptar a sua comunicação de acordo com cada um, atentando-se a melhor maneira de passar a informação de forma clara e objetiva. É como falar de uma maneira quando se comunica com um profissional que trabalha com Placa Solar e de outra quando se fala com o profissional que fica à frente da contabilidade, pois é provável que cada um esteja mais familiarizado com os termos de sua própria área de atuação.

 Essas foram nossas 6 dicas de como melhorar a sua comunicação. Se gostou, compartilhe nas suas redes sociais para que mais pessoas sejam alcançadas e siga para mais conteúdos como esse.

Esse artigo foi escrito por um criador de conteúdo do Soluções industriais.