Meio Ambiente

ONG americana classifica as melhores empresas para o mundo

Movimento global pretende redefinir o conceito de sucesso nos negócios

Cada vez mais conscientes das necessidades sociais no Brasil, empreendedores de diversos nichos de mercado estão buscando entrar na lista de certificados do Sistema B. Essa iniciativa teve origem nos Estados Unidos em 2006 e chegou ao país há pouco mais de um ano. Trata-se de um movimento global que redefiniu os conceitos pétreos das empresas, tirando a máxima do “lucro acima de tudo” e colocando em seu lugar o “lucro com benefícios socioambientais”. O movimento já totaliza mais de 40 empresas nacionais certificadas, sendo grande parte de pequenas e médias empresas.

Um exemplo de empresa B é a Policlínica Granato, fundada em 2008 com o objetivo de oferecer atendimento médico e exames complementares com valores até 70% mais baratos do que clinicas particulares, suprindo a carência de um sistema de saúde de qualidade, tanto da rede pública quanto privada, o que a caracteriza como uma empresa do sistema B já que embora seja um negócio lucrativo promove o acesso à saúde, gerando benefícios sociais.

O selo de empresa B foi adquirido em 2014, sendo a primeira empresa carioca a receber este certificado, por ser uma iniciativa privada que gera benefícios sociais para a população. “Quando a empresa visa lucros, mas ao mesmo tempo atende uma necessidade da comunidade e é sustentável, ela vai perdurar” afirma Paulo Granato. “O modelo tradicional de negócios está ultrapassado e tornou-se cansativo. Nesse novo sistema empresarial, a grande concepção é que não é necessário abrir mão do dinheiro para mudar o mundo”, comentou o médico.

Agregar valor ao negócio através de iniciativas sociais que gerassem o desenvolvimento da sociedade, com foco na saúde. Foi dessa forma que o Dr. Paulo pensou o seu negócio. Idealizador do empreendimento, ele enxergou um “gap” entre o Sistema Único de Saúde (SUS) e os planos de saúde particulares, que deixa grande parte da população brasileira sem alternativa de acesso aos serviços médicos de qualidade. “Durante o meu curso de medicina, eu rodava por diversos hospitais públicos e nunca me conformei com a frustração dos médicos que não conseguiam oferecer um atendimento pleno porque os pacientes não conseguiam fazer exames” diz Granato. Assim, aliando um serviço de qualidade com acessibilidade financeira, ele e dois sócios criaram a Policlínica, que hoje atende uma média de 10 mil pacientes por mês.

A certificação como empresa B foi concedida após ampla análise das práticas empresarias, em todos os âmbitos, como a relação com trabalhadores, comunidade, meio ambiente, fornecedores, governo, além de práticas de transparência. “O Sistema B é um movimento que apoia e preza empresas que buscam solucionar ou pelo menos amenizar problemas em países onde a organização atua. No Brasil, temos diversos problemas a serem solucionados, principalmente a saúde, que é tão precária. Atendendo a população e permitindo o acesso de todos os níveis de renda, nós nos comprometemos a melhorar esse quesito” finaliza Paulo.

Além da Policlínica, empresas como a Natura, 99Jobs, Rede Asta, Avante, Baluarte e outras 40 já possuem o certificado.

 

Com as informações HOCHMULLER
Annie Lattari
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro.
Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável.
Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer!

Para falar comigo, entre em contato pelo email:
contato@meioambienterio.com

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker