Meio Ambiente

Oficina discute metodologia para avaliação de impactos e desempenho socioambiental de sistemas ILPF

A Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP), em parceria com a Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos, SP) e Embrapa Cerrados (Planaltina, DF) realizaram no dia 18 de junho oficina técnica para discutirem a aplicação do Ambitec-Agro (Sistema de avaliação de impactos ambientais de inovações tecnológicas agropecuárias) na avaliação de sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF). Realizada na Embrapa Pecuária Sudeste, contou com a participação de pesquisadores e analistas envolvidos com a pesquisa, desenvolvimento e transferência de tecnologia desses sistemas.

O Sistema de avaliação de impactos ambientais de inovações tecnológicas agropecuárias (Ambitec-Agro) consiste de um conjunto de matrizes multi critério que integram indicadores do desempenho de inovações tecnológicas e práticas de manejo adotadas na realização de atividades rurais. Na avaliação o sistema considera sete aspectos essenciais, quais sejam: uso de insumos e recursos, qualidade ambiental, respeito ao consumidor, emprego, renda, saúde e gestão e administração.

O objetivo da oficina foi compartilhar a base metodológica do sistema Ambitec-Agro e promover o debate e a avaliação do conjunto de indicadores, propondo ajustes para adequada obtenção de índices de impacto e de desempenho para a formulação de relatório de gestão ambiental, considerando os variados contextos e desenhos dos sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta.

A análise crítica tomou como estudo de caso uma Unidade de Referência Tecnológica de ILPF (URT) localizada em uma propriedade rural no município de Brotas, SP, cuja proprietária, engenheira agrônoma, também participou das discussões. A análise de desempenho socioambiental da URT serviu de base para ajuste dos procedimentos a serem adotados nas demais regiões de realização do projeto.

A oficina faz parte do plano de ação “Avaliação de impactos de sistemas ILPF e desempenho socioambiental conforme contexto de adoção”, integrante do projeto “Sistematização de informações técnicas e avaliação de impactos e da adoção de sistemas ILPF no Brasil”.

O referido plano de ação prevê a aplicação do sistema Ambitec-Agro nas URT componentes da rede de ILPF da Embrapa.

O projeto é coordenado pela Embrapa e possui apoio da Rede de Fomento em ILPF da qual participam, além da Embrapa, a Cocamar, Dow AgroSciences, John Deere, Parker, Schaeffler e Syngenta.

Cristina Tordin (MTB 28499)
Embrapa Meio Ambiente

Telefone: 19 3311 2608

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.