Meio Ambiente

10 curiosidades sobre o lixo no Brasil

1. A cada 24 horas, o Brasil produz 260 mil toneladas de lixo – sujeira que seria suficiente para lotar 1.160 aviões cargueiros do tipo Boeing 747. Em 1982, cada brasileiro jogava fora meio quilo de lixo por dia. Em 1996, a média foi de 750 gramas per capita. Em 2012, o valor atingiu 1 kg. Ainda é pouco comparado com o Japão, onde cada habitante produz 2 quilos de lixo ao dia.

2. São Paulo é a cidade brasileira que mais produz lixo. São 56 mil toneladas geradas todos os dias, quantidade que preencheria um prédio de 30 andares. Cerca de 42 mil toneladas, ou 75% dos resíduos, recebem destinação final adequada. Cada paulistano é responsável por gerar 1,4 kg de lixo por dia.

3. Na década de 1980, Cubatão (SP), o maior polo petroquímico do país, foi considerada a cidade mais poluída do mundo. As indústrias despejavam a cada ano 4,7 milhões de toneladas de lixo sem tratamento no solo e na água de Cubatão. Esse número diminuiu para 1,6 milhão de toneladas, pois as fábricas desenvolveram processos que produzem menos sujeira e utilizam filtros apropriados para tratar os dejetos químicos.

4. A queima de lixo libera até 27 metais pesados e gases. Eles constribuem para a formação de chuva ácida.

5. Uma família de classe média joga fora cerca de 500 g de alimentos por dia. Em 20 anos, isso equivale a 3,6 toneladas. Se 1 milhão de famílias reduzissem essa quantidade pela metade, haveria uma economia anual de 90 mil toneladas de comida.

6. Em 2012, foram produzidos 64 milhões de toneladas de resíduos no país. Daria para encher de lixo 178 estádios do Maracanã. Cerca de 24 milhões de toneladas (ou 37%) foram enviados a destinos inadequados.

7. O Nordeste é a região brasileira em que há a maior quantidade de lixo sem destinação adequada. Lá, 65% dos resíduos recolhidos são encaminhados para lixões a céu aberto.

8. O estado de Roraima, na região Norte, é o que menos produz lixo no Brasil. São geradas apenas 350 toneladas diárias, ou 870 g por habitante. Só 35 toneladas, no entanto, ou 10% do lixo produzido, recebem destinação final adequada.

9. Os moradores de Santa Catarina, na região Sul, são os mais econômicos do país ao produzir lixo. Cada um gera 809 g de resíduos diariamente. No Distrito Federal, por outro lado, a população não parece ter a mesma preocupação. Lá, cada um produz 1,6 kg de lixo por dia.

10. Uma em cada três pessoas no país não faz ideia de onde vai parar todo o lixo que ela produz por dia. Se você é uma delas, aprenda: a grande maioria do lixo produzido no Brasil é destinada a Lixôes e aterros sanitários. Lá, essa matéria é fermentada, gerando o chorume e o gás metano. Outra parte do lixo vai para usinas de reciclagem, solução muito mais ecológica. O processo, no entanto, é 15 vezes mais caro do que o realizado nos Lixôes e aterros.

Com as informações Greene Soluções Ambientais

Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro.
Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável.
Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer!

Para falar comigo, entre em contato pelo email:
contato@meioambienterio.com

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker