Meio Ambiente

Cem jovens líderes desenvolvem ideias sobre os desafios alimentares globais

Em 2050, haverá mais de nove bilhões de pessoas vivendo em nosso planeta. Isso traz um dilema: menos terras agrícolas disponíveis para a produção de alimentos para esta crescente população mundial. Em última análise, esse cenário leva à questão mais abrangente, que é como alimentar este planeta faminto. É por isso que, de 24 a 27 de agosto, em Canberra (Austrália), a Bayer CropScience e a organização juvenil australiana Future Farmers Network reunirão no Youth Ag-Summit 100 jovens líderes, entre 18 e 25 anos de idade e de 33 países, para trocar ideias sobre o papel exercido pela ciência e pela agricultura moderna na alimentação de um planeta faminto.

Globalmente, a Bayer CropScience encoraja jovens a aprenderem sobre a agricultura sustentável e o abastecimento alimentar, enfatizando o papel vital da ciência e da inovação. “Acreditamos no engajamento, em um diálogo construtivo, voltado para o futuro, sobre desafios e oportunidades da agricultura. Apoiamos jovens talentos que desejam contribuir para nossa missão ‘ciência para uma vida melhor’ e que querem ajudar a enfrentar o desafio global de alimentar a crescente população mundial”, destaca Claudia David, diretora de Comunicação da Bayer CropScience para América Latina.

Durante o evento, os jovens líderes irão se conectar uns com os outros, ouvirão palestrantes inspiradores, além de trocar ideias em sessões de debate e vivenciar a agricultura em visitas de campo. Eles se comprometerão a desenvolver soluções locais e a agir como embaixadores agrícolas em seus países de origem. Com foco no crescimento populacional, serão realizadas sessões interativas sobre sustentabilidade, liderança e inovação, fatores chave dos temas das dissertações que os jovens entregaram na fase de inscrição.

Considerado um dos gigantes agrícolas e potenciais celeiros do mundo, o Brasil também terá sua representante em Camberra, Cláudia Maria Coleoni, de 22 anos, moradora de Piracicaba, São Paulo. Estudante de Gestão Ambiental da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” de Piracicaba (ESALQ/USP), Cláudia já desenvolveu atividades educacionais nas áreas de agricultura, meio ambiente e energia, além de participar como voluntária em uma horta comunitária na cidade de Bloomington, no estado de Indiana (Estados Unidos), durante o programa de intercâmbio acadêmico Ciências Sem Fronteiras, na Indiana University. Suas experiências a levaram a optar por escrever sobre a redução do desperdício de alimentos e a promoção da agricultura urbana e periurbana, como alternativas para combater a insegurança alimentar.

“Para reduzir o desperdício de alimentos propus reintegrar o consumidor ao produtor, com a parceria de cooperativas, fornecedores, restaurantes, supermercados, feiras urbanas e instituições de ensino. As atividades educacionais, a partir de iniciativas de agricultura urbana, teriam ênfase no aproveitamento integral de alimentos e no planejamento de compras”, disse a estudante.

“Estamos muito satisfeitos em ser coanfitriões deste evento único”, afirmou Georgie Aley, presidente da Future Farmers Network. “Acredito que os jovens têm muito potencial para contribuir com a criação de soluções a fim de enfrentar os desafios globais e locais relacionados à alimentação.” Bernd Naaf, Membro do Conselho de Administração da Bayer CropScience, conta que este é o segundo Youth Ag-Summit. “Estamos muito satisfeitos em dar continuidade ao nosso movimento em Canberra. A Austrália é um país-chave em termos de agricultura moderna e o anfitrião ideal para este evento”, analisou.

O fórum oferece uma plataforma em que jovens líderes poderão debater os desafios e desenvolver soluções, quer seja em pequena ou grande escala. Isto se reflete nos resultados do encontro. Compromissos pessoais serão expressos no desenvolvimento de ações futuras. Estes são desafios individuais relacionados a questões agrícolas e alimentares que os jovens querem abordar em suas comunidades locais depois de retornarem às suas casas. O principal resultado é a “Declaração de Canberra da Juventude Agrícola”, uma convocação global para ajudar a resolver os problemas da agricultura moderna. A Declaração será apresentada no Comitê da ONU sobre Segurança Alimentar, em Roma, entre 12 e 15 de Outubro, onde a Bayer, como integrante do setor privado, realizará um evento paralelo.

 

Agrolink com informações de assessoria

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.