Meio Ambiente

Comissão debate desenvolvimento da região do Matopiba

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável realiza audiência pública hoje, às 10 horas, no plenário 8, para debater o Plano Nacional de Defesa Agropecuária (PDA) e a Agência de Desenvolvimento do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), criados recentemente no âmbito do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Foram convidados:
– o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Décio Coutinho;
– o secretário de Política Agrícola do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, André Nassar;
– a coordenadora geral de ONGs da Mata Atlântica, Tânia Martins Santos;
– o assessor técnico da região Centro Oeste da Cáritas Brasileiras, Paulo Henrique de Morais;
– a representante das Quebradeiras de Coco no Conselho Deliberativo da Rede Cerrado, Maria Alaídes de Souza.

Possíveis impactos
O deputado Átila Lira (PSB-PI), autor do requerimento para a realização da audiência, considera preocupante o modelo proposto pelo PDA/Matopiba, já que ideia é impulsionar três eixos: infraestrutura, inovação e tecnologia. “Considerando a realidade socioambiental e econômica da região em análise, haverá impactos positivos e negativos, e a sociedade brasileira tem o interesse de melhor conhecer e debater o assunto”, afirma Lira.

O deputado lembra que a área total da região do Matopiba é de 73.173.485 hectares, distribuídos nos biomas Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica e Pré-Amazônia, onde vive uma população de 5,9 milhões de pessoas. Deste total, 35% vivem na zona rural. Átila Lira também destaca que são quatro as regiões hidrográficas abrangidas: Tocantins/Araguaia, Parnaíba, Atlântico Nordeste Ocidental e São Francisco. O parlamentar ressalta ainda que estão encravadas na área 46 unidades de conservação, 35 terras indígenas, 745 assentamentos da reforma agrária e 36 comunidades quilombolas.

Da Redação – AP
Ler matéria completa

Vagner Liberato

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Jornal Sustentabilidade com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close