Meio Ambiente

Tóquio e Florida sob a água: NASA alerta para uma catástrofe iminente

O nível do mar está subindo em todo o mundo e os dados de satélite mais recentes indicam que um aumento de um metro ou mais é inevitável nos próximos 100 ou 200 anos, eles alegaram cientistas da NASA quarta-feira.

Os peritos da agência dos EUA anunciou que as costas do mundo, sem dúvida, será muito diferente nos próximos anos. “Neste momento, assegurar que não haverá um aumento do nível do mar de mais de um metro, com base no aquecimento global que tivemos até agora”, disse o cientista Steve Nerem. “É provável a agravar-se no futuro”, acrescentou.

As camadas de gelo na Groenlândia e da Antártida estão derretendo mais rápido do que nunca, e os oceanos estão se aquecendo e expandindo muito mais rápido do que nos últimos anos. De acordo com Michael Freilich, diretor da Divisão de Ciências da Terra da NASA, a subida do nível do mar terá “impacto profundo” em todo o mundo.

Assim, os estados de baixa dos EUA, como a Flórida poderia desaparecer, como algumas das principais cidades do mundo, como Singapura e Tóquio. “Ele pode eliminar completamente algumas nações insulares do Pacífico”, disse o cientista.

 

Existe um lugar na Terra onde a segurança das mudanças climáticas?

 

Ao mesmo tempo, incluem cientistas da NASA, a maior incerteza é em prever o quão rápido as calotas polares vão derreter.

Dados da NASA mostram que os oceanos do mundo aumentaram uma média de quase 7,6 centímetros desde 1992. Grande parte da água adicional vem do derretimento do gelo e geleiras. Os cientistas estão particularmente preocupados com a camada de gelo da Groenlândia, que perde uma média de 303 gigatoneladas de gelo por ano ao longo da última década.

 

NASA: O nível do mar subiu uma média de 8 centímetros em todo o mundo nos últimos 25 anos

Fonte: DW

Vagner Liberato

Sobre o autor | Website

Meu nome é Vagner Liberato, sou carioca e vivo no Rio de Janeiro. Formei-me em Administração de Empresas e sou um apaixonado por conteúdo sustentável. Desde 2015 faço o Meio Ambiente Rio com maior prazer! Para falar comigo, entre em contato pelo email: contato@meioambienterio.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.