Livro de professoras da FAU Mackenzie será lançado

A Universidade Presbiteriana Mackenzie, campus Higienópolis, sediará evento de lançamento de publicação do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo no dia 29 de novembro, às 18h. O conteúdo integra estudos que indicam avanços e retrocessos das políticas públicas voltadas para a redução da precariedade habitacional e ambiental no Brasil nos últimos 20 anos.
 

Organizada pelas arquitetas Angélica Tanus Benatti Alvim e Viviane Manzione Rubio, docentes e pesquisadoras da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), a coletânea “Sustentabilidade em projetos para urbanização de assentamentos precários no Brasil: contexto, dimensões e perspectivas”, publicada pela editora Manole, será lançada em 29 de novembro, às 18h, no prédio 09 da instituição. A obra reúne 21 capítulos que envolve uma rede de pesquisadores de diversas universidades brasileiras: UPM, USP, UFRJ, UFC, UNIFAP, UFPE, UFBA, PUC SP, PUCRio e UNIFOR.
 

Dividindo-se em três partes, a coletânea apresenta o resultado da pesquisa desenvolvida ao longo de quatro anos, envolvendo pesquisadores da graduação e da pós-graduação da FAU Mackenzie, financiada pelo Fundo MackPesquisa, CNPq e Capes, e discorre sobre vulnerabilidade, sustentabilidade e resiliência frente aos problemas ambientais, desafios metodológicos para a avaliação da sustentabilidade de projetos e intervenções para urbanização, estudos de caso, além de reflexões sobre as favelas no Rio de Janeiro, Fortaleza e Macapá, apresentando o debate sobre a problemática urbana e ambiental dos assentamentos precários e os desafios contemporâneos para sua inserção nas agendas municipais de planejamento e investimento.
 

Sem esgotar o debate sobre o tema e sua complexidade, os autores apontam avanços e retrocessos das políticas públicas voltadas para a redução da precariedade habitacional e ambiental no Brasil nos últimos 20 anos e sinalizam que a sustentabilidade de programas, projetos e intervenções dependem da continuidade, da integração e da articulação político-institucional, da participação da população e da implementação de ações que visam respeitar as preexistências e recuperar o meio ambiente, independente das distintas gestões públicas.

Serviço

Lançamento da coletânea Sustentabilidade em projetos para urbanização de assentamentos precários no Brasil: contexto, dimensões e perspectivas

Data: 29 de novembro

Horário: 18h

Local: Rua Itambé, 135 — Prédio 09, térreo (saguão)

*Aberto ao público externo