Prevista para o próximo domingo, a etapa do Peró do Circuito Rei e Rainha do Mar (RRM) foi adiada por causa da previsão de um ciclone extratropical no litoral brasileiro. Em nota, a organização do evento informou que está em contato com os órgãos responsáveis para definir a nova data, que será divulgada com no mínimo 15 dias de antecedência.

“Lamentamos o adiamento da etapa RRM, prevista de acontecer no dia 22 de Maio, na Praia do Peró. Entretanto, prezamos, em primeiro lugar, pela segurança dos atletas. Assim como, respeitamos a natureza. O esporte outdoor tem seus fatores, como: condições do mar, do vento, até a lua influencia o nosso planejamento.” Informa a nota dos organizadores.

Presidente do Projeto Costa do Sol de Defesa Civil, o meteorologista Márcio Soren disse que a prevenção é importante para a segurança de todos. Ele confirmou que há previsão de frio e possibilidade de chuva no fim de semana:

— O ciclone extratropical vai atingir principalmente o Sul do Brasil. O tempo não vai estar muito legal na região do Peró, mas nada de anormal para esta época do ano. A temperatura vai baixar, mas até agora a Marinha não emitiu alerta de mar grosso (altas ondas). A segurança, contudo, é importante – disse o meteorologista.

O RRM reúne centenas de atletas em competições de natação no mar para todas as idades e de corrida na areia. No ano passado, o evento foi realizado com sucesso pela primeira vez na Praia do Peró, única do interior fluminense com a Bandeira Azul. As próximas edições do RRM estão confirmadas para o dia 18 de setembro na praia de Camboinhas, em Niterói, e no dia 11 de dezembro na Praia de Copacabana.

— Lamentamos muito o adiamento, mas é preciso responsabilidade com os atletas de todas as idades que participam deste grande evento. O RRM preza pela sustentabilidade e movimenta a economia do Peró – disse Marta Rocha, secretária da Associação dos Hotéis de Cabo Frio e integrante do movimento Amigos do Peró.