continua após a publicidade

Nos primeiros três dias após a reabertura do Sistema de Valores a Receber (SVR), mais de 6,9 milhões de pessoas pediram o resgate de R$ 228,1 milhões, segundo informações divulgadas pelo Banco Central nesta quinta-feira (9), em Brasília. O valor resgatado é referente aos pedidos realizados desde a terça-feira (7) às 10h até as 17h desta quinta-feira.

O maior valor resgatado por uma pessoa física nesta quinta-feira foi de R$ 306,1 mil, enquanto a maior quantia resgatada por uma pessoa jurídica foi de R$ 54,5 mil. Desde o início do programa, o maior resgate individual ocorreu na quarta-feira (8), quando uma pessoa física retirou R$ 749,5 mil esquecidos.

Desde o início do programa, 991,8 mil pessoas pediram o resgate de valores falecidos. Somente nesta quinta-feira, 116,6 mil herdeiros ou testamentários sacaram dinheiro.

Ao contrário do primeiro dia de resgates, nesta quinta-feira não houve fila virtual. Na terça-feira (7), a espera média na fila virtual chegou a duas horas durante a manhã. Ao longo da tarde, o tempo de espera caiu rapidamente até ser zerado por volta das 17h15 do mesmo dia, segundo o BC.

O Banco Central afirmou que o SVR permanecerá aberto para todos, sem interrupções programadas, para que cada um possa recuperar dinheiro esquecido no sistema financeiro. “Independentemente do montante, o recurso pertence ao cidadão e deve a ele ser devolvido”, destacou o órgão.

continua após a publicidade