Carros elétricos carregando em uma estação de abastecimento. Atrás, há um céu ao anoitecer, em tons de laranja e azul escuro, encoberto por nuvens.
Crédito: iStock

Os carros elétricos viraram a nova tendência em transporte. Estudos apontam que esse tipo de veículo polui até quase 70% menos que os à combustão. Assim, os carros movidos à energia elétrica ganham espaço para uma mobilidade sustentável. No entanto, a energia para movimentar esses carros precisa vir de algum lugar. A demanda por energia solar para alimentar esses veículos cresce.

Uma solução possível que já está em andamento é a instalação de carregadores e geradores solares fotovoltaicos, que alimentam os automóveis elétricos. A frota de carros elétricos vai crescendo, e com isso, a necessidade de carregadores e geradores aumenta.

Para conter o aumento do uso da energia elétrica, é preciso criar alternativas. O preço da energia elétrica, inclusive, tem crescido mais do que a inflação nos últimos anos. De tempos em tempos, a bandeira vermelha surge, fazendo com que o custo da energia elétrica alcance altos patamares.

Assim, o investimento em energia solar para carros elétricos é de extrema importância. Com o preço da gasolina subindo sem parar, o veículo movido à energia elétrica seria uma solução viável para economizar. A instalação de carregadores com energia solar diminui ainda mais os custos de carregamento do veículo.

O problema é que os carros elétricos ainda são muito caros, em comparação com os movidos à combustão. A tendência é que esses preços diminuam e que as pessoas tenham acesso a esse tipo de veículo. Com um carro elétrico, não é necessário se preocupar com o preço da gasolina.

No futuro, é possível que cada casa ou prédio tenha uma estação de carregamento movida à energia solar e que os veículos elétricos possam ser carregados gratuitamente. Esta é uma solução possível que pode existir com o tempo no Brasil. Enquanto a maioria se preocupa com o aumento do preço do combustível, é possível caminhar para um mundo onde este problema deixe de existir.

Já há incentivos do governo que estimulam o uso de veículos sustentáveis. E não são somente carros que estão sendo produzidos dessa forma. Há vans, ônibus e até caminhões elétricos. É uma forma de inserir veículos que usem energia limpa e renovável.

Carros elétricos e a segurança na condução

Para dirigir qualquer veículo, seja elétrico ou não, é essencial ter a carteira de motorista. Além disso, em casos da condução veículos maiores e de forma profissional é essencial estar com o exame toxicológico CNH atualizado nas categorias C, D e E, que deve ser realizado a cada 2 anos e meio. É preciso estar atento aos prazos tanto para a renovação da CNH quanto para esse exame.

Gostou dessas dicas? Se sim, compartilhe com seus familiares e amigos, e também em suas redes sociais. Receba conteúdo gratuito, diariamente, e siga-nos no Google News.